Branca de Lencastre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde Abril de 2013)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Branca de Lencastre
Duquesa de Lencastre
"A Senhora e o Unicórnio" (detalhe).
Governo
Consorte João de Gante
Vida
Nascimento 25 de Março de 1345
Castelo de Grosmont, Monmouthshire, País de Gales
Morte 12 de Setembro de 1369 (24 anos)
Castelo de Tutbury, Staffordshire, Inglaterra
Sepultamento Catedral de São Paulo, Londres, Inglaterra
Filhos Filipa de Lencastre, Isabel Plantageneta, Henrique IV de Inglaterra
Pai Henrique de Grosmont, 1.º Duque de Lancaster
Mãe Isabel de Beaumont

Branca de Lencastre (25 de Março de 134512 de Setembro de 1369) foi uma nobre inglesa, filha de Henrique, 1.º duque de Lancaster e Isabel de Beaumont. Casou com João de Gante em 19 de Maio de 1359 e deu à luz Filipa de Lencastre, Isabel Plantageneta e Henrique IV de Inglaterra (pelo meio teve mais filhos mas acabaram por morrer logo após o nascimento).

Filipa veio a ser desposada por João I de Portugal. A esmerada educação, à inglesa, que deu a seus filhos, entre os quais o infante D. Henrique, o Navegador, fez com que ficassem conhecidos na história de Portugal como "A Ínclita Geração".

Branca de Lencastre morreu aos 26 anos, no Castelo de Bolingbroke vítima de uma epidemia de peste negra que nessa altura assolava a Inglaterra.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Branca de Lencastre