Maria de Brabante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casamento de Filipe III de França com Maria de Brabante, miniatura nas Chroniques de France ou de Saint Denis, final do século XIV, British Library, Londres

Maria de Brabante (Lovaina, 13 de Maio de 1254Meulan, 10 de Janeiro de 1321), foi rainha consorte de Filipe III de França de 1275 até à morte deste, em 1285.

Era filha de Henrique III de Brabante e Adelaide da Borgonha. Aos vinte anos de idade tornou-se na segunda esposa do rei Filipe III de França, 9 anos mais velho, em Vincennes, a 21 de Agosto de 1274. Foi coroada a 24 de Junho de 1275 na Sainte Chapelle de Paris. Desta união nasceram:

Durante a sua vida conjugal contribuiu para envolver o esposo nos conflitos de Carlos de Anjou pelo reino da Sicília e a impulsionar as hostilidades do reino da França contra a coroa de Aragão.

Após a morte de Filipe III, a 5 de Outubro de 1285, Maria retirou-se para um convento próximo de Meulan, nos arredores de Paris, onde morreu trinta e seis anos depois. Foi sepultada num convento dos franciscanos monásticos de Paris.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Isabel de Aragão
Armas da dinastia capetiana
Rainha de França

1275 - 1285
Sucedida por:
Joana I de Navarra
Ícone de esboço Este artigo sobre uma Rainha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.