Ilha de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Île-de-France
Ilha de França
Bandeira
Flag of Île-de-France.svg
Brasão
Blason France moderne.svg
Informações
Prefeitura regional Paris
Arrondissements 25
Cantões 317
Comunas 1281
ISO 3166-2 FR-J
Dados Estatísticos
Área 12 011 km²
População 11 659 260 hab. (2008)
Densidade populacional 970,7 hab./km²
Dados políticos
Presidente do conselho regional Jean-Paul Huchon (PS)
Departamentos
Essonne (91)
Hauts-de-Seine (92)
Paris (75)
Seine-Saint-Denis (93)
Seine-et-Marne (77)
Val-de-Marne (94)
Val-d'Oise (95)
Yvelines (78)
Mapa - Localização de Ilha de França
Île-de-France map.png
Localização da Região de Ilha de França na França
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Ilha de França

Ilha de França (em francês: Île-de-France) é uma das 26 regiões administrativas da França. Sob o Antigo Regime, era uma província francesa[1] . Após a Revolução passou a chamar-se Região Parisiense, até 1975, quando recuperou o antigo nome.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Região da Ilha de França é composta por oito departamentos: Sena e Marne, Yvelines, Essonne, Val-d'Oise, Val-de-Marne, Altos do Sena, Seine-Saint-Denis e Paris.

Suas principais cidades são: Paris, Pontoise, Versalhes, Évry, Melun, Nanterre, Bobigny, Créteil, Montmorency, Mantes-la-Jolie, Saint-Germain-en-Laye, Rambouillet, Palaiseau, Étampes, Meaux e Argenteuil.

Muitas vezes a região é confundida com a Aglomeração Parisiense - que abrange apenas os departamentos de Seine-et-Marne, Yvelines, Essonne e Val-d'Oise, e cuja área corresponde a 20% da Região de Île-de-France, embora concentre 90% da sua população.

História[editar | editar código-fonte]

A região foi habitada depois da pré-história, tendo sido encontrados traços de monumentos megalíticos, que acabaram destruídos pela urbanização. Na época gaulesa, o território atual da Ilha de França era ocupado por quatro tribos gaulesas: no centro estavam os Parísios, cuja capital Lutèce transformar-se-ia em Paris; no norte, os veliocasses, a oeste os carnutes, e no sudoeste estavam os Senones, que estabeleceram a sua capital em Sens. O nome Île-de-France surgiu muito mais tarde, depois do estabelecimento dos francos, e correspondia à planície situada ao norte do rio Sena, que eles chamavam de País da França.

A região da Île-de-France nasceu do domínio real constituído depois do século X, pelos reis da dinastia capetiana. Seus limites variaram muito até o fim do regime vigente à época. A província alargou-se na direção oeste, e sobretudo sobre a norte, e era mais vasta do que a atual, considerando-se as direções leste e sul. Formava uma zona de interesse econômico para as corporações mercantis de Paris, o que então contribuía para a fixação dos seus contornos.

Depois da Revolução Francesa, a região foi decomposta em três departamentos - Seine, Seine-et-Oise e Seine-et-Marne.

Em 1955, os departamentos passaram de três para oito, além de incluir Paris. Como resultado do desmembramento dos antigos Departamentos de Sena e Sena e Oise, foram criados os departamentos de Hauts-de-Seine, Seine-Saint-Denis, Val-de-Marne (limítrofes de Paris, que constituem a chamada pequena coroa); Val-d’Oise, Yvelines e Essonnee (não limítrofes de Paris, que formam a grande coroa).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.