Cyberchase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cyberchase
Ciber Heróis (PT)
Cyberchase: A Corrida do Espaço (BR)
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Duração 30 minutos
Criador(es) Nelvana
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) Larry Jacobs
Elenco Christopher Lloyd
Gilbert Gottfried
Novie Edwards
Jacqueline Pillon
Annick Obonsawin
Len Carlson
Robert Tinkler
Linda Ballantyne
Richard Binsley
Kristina Nicoll
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos PBS
Canadá CBC
Transmissão original 21 de janeiro de 2002 - 23 de julho de 2010
N.º de temporadas 9
N.º de episódios 99 (lista de episódios)

Cyberchase é um programa de televisão dos Estados Unidos que passa no PBS Kids e PBS Kids GO!. No Brasil, o programa é exibido pela TV Cultura na grade infantil da emissora. É a série de maior audiência da emissora, marca de 4 a 5 pontos de média no Ibope diariamente. Em Portugal, o programa foi exibido pelo 2: em 2004 e depois reexibido pelo Canal Panda em 2005. Atualmente, é exibido pelo KidsCo.

Este programa saiu do ar no dia 30 de setembro de 2013 na TV Cultura por causa das novidades na emissora, e voltou ao ar no dia 10 de fevereiro de 2014 com 54 novos episódios entre terceiras e oitavas temporadas.

Devido aos baixos índices de audiência no TV Cocoricó semanal, o programa passou a ser exibido a partir das 12h30 com a metade da duração a partir do dia 12 de outubro de 2013, e o Cyberchase voltou à programação da TV Cultura, agora sendo exibido aos sábados, a partir das 11h30, fazendo com que o Doug seja exibido a partir das 12h.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Consiste em uma série animada mostrando situações difíceis que podem ser resolvidas com simples cálculos de matemática. Um desenho de aprendizagem, ótimo para crianças que estão no ensino fundamental na idade de 8 a 12 anos.

Jackie, Matheus e Inês - os heróis de culturas diferentes de Cyberchase - que, juntamente com o esperto cyberpássaro Dígito, saem do seu mundo real e mergulham no ambiente supercolorido do Cyberespaço, onde arrasam os seres do mal num emocionante duelo de força e esperteza.[1] Hacker tem a intenção de dominar o Cyberespaço, mas as crianças sempre impedem que isso aconteça.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Sites[editar | editar código-fonte]

Episódios[editar | editar código-fonte]

Aparelhos e naves[editar | editar código-fonte]

  • Palmitopinho: são aparelhos que servem tanto para comunicação, como para realizar cálculos. Jackie, Matheus, Inês, Dígito e Dr. Good possuem um palmitopinho. O palmitopinho aparece em todos os episódios e é muito útil para que as crianças resolvam certos problemas.
  • Satélite Super Xereta: Hacker criou esse aparelho no episódio "Codinome Eka". Ele permite escutar o que as pessoas estão dizendo, daí o nome.
  • Clonitron: Hacker criou esse aparelho no episódio "Que Venham os Clones". Ele permite que se clone qualquer coisa, desde objetos até pessoas, em qualquer número.
  • Raio Encolhedor: Hacker criou esse aparelho no episódio "Negociar Sempre". Ele permite que qualquer coisa encolha.
  • Solesfera: esse aparelho foi criado por Dr. Good. Aparece no episódio "Um Dia Branco de Neve". Ela permite que Solaria não esfrie. Ela não retém o calor, por isso nunca fica quente.
  • Boa Vibração: esse aparelho foi criado por Mestre Pi. Aparece no episódio "Encrenca em Dobro". Ela permite que reine a paz e a harmonia em Shangri-lá.
  • Simetrizador: esse aparelho foi criado por Dr. Good. Aparece no episódio "Os Segredos de Simétrica". Ele cria todos os produtos simétricos do Cyberespaço. Mas, se reprogramado pode destruir a simetria.
  • Chip Codificador (ou Chip de Criptografia): é um chip que pode curar definitivamente a Placa-mãe do vírus. A Cyberturma está sempre a procura dele.
  • Estraga-Prazer: é a nave do Hacker. Aparece em quase todos os episódios. Ela é preta e extremamente grande.
  • Mini Estraga-prazer: é uma versão miniatura da Estraga-prazer. Só aparece no episódio "Encontrem Aqueles Lumes".
  • Cyberavião: é a nave das crianças. Ela é azul e possui quatro lugares. Aparece nos episódios "Codinome Eka", "Menor que Zero" e "Batalha Entre Iguais".
  • Cápsula do Dr. Good: é uma nave em forma de cápsula criada pelo Dr. Good. Ela é azul, igual à das crianças. Aparece nos episódios "O Dr. Good se Foi", "Castelvânia" e "Eureka".
  • Cápsula de Dois Lugares do Dr. Good: é uma nave em forma de cápsula, igual a citada anteriormente, só que com dois lugares. Aparece no episódio "Fica Frio".
  • Gato-móvel: é um automóvel construído por Bibi, usando sua própria imagem. Ele possui um dispositivo capaz de conduzir o automóvel a um certo lugar e depois fazer a operação inversa. Aparece no episódio "O Olho Mágico".
  • Mesquinho-móvel: é um automóvel construído por Hacker, usando sua própria imagem. Aparece no episódio "Fora de Controle".

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • A série é um sucesso na TV Cultura. Recebe uma média de 4 a 5 pontos de ibope diariamente.
  • Apenas os episódios da 1ª e da 2ª temporada foram exibidos na TV Cultura. As temporadas 3, 4, 5, 6, 7 e 8 estão sendo exibidas desde o dia 4 de Janeiro de 2014
  • A mãe de Jackie aparece no episódio "Dia das Mães", mas não se pode ver seu rosto, só é possível ouvir a voz dela.
  • Slider e Shari Spotter aparecem a partir da 3ª temporada. Outros personagens, como Creech, Rony Target, Oonga, Nero, Sr. Zero e outros, também aparecem a partir da 3ª temporada.
  • Uma coisa curiosa é que na primeira temporada da série, o chip que curaria definitivamente a Placa-mãe é chamado de "Chip Codificador". Já na segunda temporada é chamado de "Chip de Criptografia".
  • Outro fato interessante é que alguns personagens que aparecem pela primeira vez possuem um nome (por exemplo, Widget). Depois, quando aparece pela segunda vez, possui um nome diferente (Baixinho). Esse mesmo fato acontece com Warren (Gênio), com a Bruxa Malvada (Malévola). Com Bibi também, que na 1ª temporada é chamada de Binky (pela múmia da Tumba de Rom), e depois é chamada de Bibi e na 3ª temporada volta a ser chamada de Binky.
  • No início de alguns episódios aparece as crianças com dificuldade para resolverem certos problemas que, para serem resolvidos, seria necessário usar a matemática. Depois, no término do episódio, eles já conseguem resolver o problema, pois aprenderam como resolver durante o desenrolar do episódio.
  • "Gansolino", o nome do ganso do rei do Reino Encantado é uma paródia de "Patolino".
  • Em alguns episódios da segunda temporada é possível detectar que a música de abertura está atrasada em relação a imagem apresentada. Na parte em que é cantado "1, 2, 3, 4" o primeiro personagem a aparecer é a Inês, entretanto o "1" é dito quando o segundo personagem aparece, a Jackie.
  • O cybersite que mais aparece durante a série é Felizes Para Sempre, visto em seis episódios somente na primeira e segunda temporadas.
  • Cyberchase começou a ser exibido em 21 de janeiro de 2002, mas o episódio "O Caso Todesville" foi mostrado como um episódio piloto, visto que foi feito em 24 de março de 2000. É por isso que nesse episódio a aparência das personagens está bastante diferente.
  • Um fato interessante o cybersite Todesville na segunda temporada é chamado de Poddleville mas nos episodios seguintes ele volta ao seu nome original Todesville.
  • A partir do episódio "Encrenca em Dobro", a Estraga-Prazer é conhecida como Caos.
  • Alguns personagens, quando aparecem pela segunda vez ou mais na série, possuem uma dublagem diferente daquela do primeiro episódio onde apareceram. É o caso do Aranha e da Bruxa Malvada.
  • O short que Inês usa é verde-água. Mas em algumas cenas de alguns episódios (geralmente quando ela está na Central de Controle, conversando com a Placa-mãe), seu short fica verde-escuro.
  • No dia 25 de janeiro de 2009 foi exibido, na TV Cultura, uma maratona contendo vários episódios de Cyberchase. A maratona começou as 11h00min e terminou a 13h00min. Durante esse intervalo forma mostrados quatro episódios da série: "Pelos Poderes de Zeus", "Questão de Sorte", "Tamanho é Documento" e "Encrenca em Dobro".
  • Infelizmente,a série parou de passar no Brasil em 3 de julho de 2009, mas retornou em 30 de Agosto de 2010 na TV Cultura.
  • O Episódio "Fora de Sincronia" foi o único episódio onde a Placa-mãe não fala na língua dos humanos e só fala "beeps" de computador.
  • No espisódio "Pelos Poderes de Zeus", Matheus pratica uma quebra da quarta parede enquanto recolhe o raio de Zeus no chão, dizendo: "Esses raios vão ajudar a gente no final do desenho".

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • A série foi ganhadora de um prêmio Emmy, como melhor série infantil educacional [carece de fontes?].

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Canadá Brasil Portugal
Jackie Novie Edwards Adriana Torres Maria João Miguel
Matheus Jacqueline Pilon José Leonardo Ana Vieira
Inês Annick Obonsawin Flávia Saddy Christina Mars
Dígito Gilbert Gottfried (nos EUA) Marco Ribeiro Rui Paulo
Hacker Christopher Lloyd (nos EUA) Waldyr Sant'anna Tiago Severino
Bug Len Carlson / Phil Williams Samir Murad Gonçalo Adriano
Deleto Robert Tinkler Alexandre Moreno Paulo Oom
Placa-Mãe Kristina Nicoll Tereza Cristina Mafalda Teixeira
Dr. Good Richard Binsley Marco Ribeiro  ?
Slider  ?  ?  ?
Shari Spotter  ?  ?  ?

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]