Daijō Daijin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Governo do
Japão Feudal
Este artigo é parte da série:
História do Japão
Sesshō

Daijō-kan
Conselho de Estado

  • Daijō Daijin
    (Chanceller ou
    Ministro Chefe)
  • Sadaijin
    (Ministro da Esquerda)
  • Udaijin
    (Ministro da Direita)
  • Naidaijin
    (Ministro do Centro ou Ministro do Interior)
  • Dainagon
    (Conselheiro 1º Escalão)
  • Chūnagon
    (Conselheiro 2º Escalão)
  • Shōnagon
    (Conselheiro 3º Escalão)

Cargos Menores

  • Sangi
    (Conselheiro 4º Escalão)

O Daijō Daijin (太政大臣? , Chanceler ou Primeiro Ministro do Reino)[1] foi o Chefe do Daijō-kan, o Departamento de Estado no Japão durante o Período Heian e brevemente sob a Constituição Meiji.

O posto, junto com o resto da estrutura do Daijō-kan, foi criada inicialmente pelo Imperador Tenji para favorecer seu filho Príncipe Ōtomo [2] e foi consolidada pelo Código Taihō em 702 [3] .

O Chanceler presidia o Grande Conselho de Estado, e controlava aos oficiais do Estado, em particular com o Sadaijin (ministro da esquerda) e o Udaijin (ministro da direita), assim como a quatro grandes conselheiros e três conselheiros menores. Estes ministérios controlavam outros elementos do governo.

O Clã Fujiwara, que tinha o poder da regência, obteve grande influência e o título de Daijō Daijin foi minimizado. No Século X, os Chanceleres não tinham mais voz a menos que eles estivessem representando os regentes ou estivessem apoiados pelos Fujiwara. A pesar do posto continuar existindo até 1885, no começo do Século XII, o cargo não tinha poderes, e às vezes ficava vago por longos períodos [4] , que em ocasiones eram o Sadaijin ou o Udaijin. O Daijō Daijin foi brevemente reinstaurado sob a Constituição Meiji com a nomeação de Sanjō Sanetomi em 1871 antes de ser abolido completamente em 1885.

Lista dos Daijō Daijin[editar | editar código-fonte]

  1. Ōtomo no Miko (671)
  2. Takechi no Miko (690 - 696)
  3. Osakabe no Miko (703 - 705)
  4. Príncipe Hozumi (705 - 715)
  5. Príncipe Toneri (720 - 735)
  6. Suzuka no Ōkimi (737 - 745)
  7. Fujiwara no Nakamaro (760 - 764)
  8. Dōkyō (765 - 766)
  9. Fujiwara no Yoshifusa (857 - 872)
  10. Fujiwara no Mototsune (880 - 891)
  11. Fujiwara no Tadahira (936 - 949)
  12. Fujiwara no Saneyori (967 - 970)
  13. Fujiwara no Koretada (971 - 972)
  14. Fujiwara no Kanemichi (974 - 977)
  15. Fujiwara no Yoritada (978 - 989)
  16. Fujiwara no Kaneie (989 - 990)
  17. Fujiwara no Tanemitsu (991 - 992)
  18. Fujiwara no Michinaga (1017 - 1018)
  19. Fujiwara no Kinsue (1021 - 1029)
  20. Fujiwara no Yorimichi (1061 - 1062)
  21. Fujiwara no Norimichi (1070 - 1071)
  22. Fujiwara no Nobunaga (1080 - 1088)
  23. Fujiwara no Morozane (1088 - 1089)
  24. Fujiwara no Tadazane (1112 - 1113)
  25. Minamoto no Masazane (1122 - 1124)
  26. Fujiwara no Tadamichi (1128 - 1129, 1149 - 1150)
  27. Sanjō Saneyuki (1150 - 1157)
  28. Fujiwara no Munesuke (1157 - 1160)
  29. Fujiwara no Koremichi (1160 - 1165)
  30. Taira no Kiyomori (1167)
  31. Fujiwara no Tadamichi (1168 - 1170)
  32. Fujiwara no Motofusa (1170 - 1171)
  33. Fujiwara no Moronaga (1177 - 1179)
  34. Fujiwara no Kanezane (1189 - 1190)
  35. Fujiwara no Kanefusa (1191 - 1196)
  36. Fujiwara no Yorizane (1199 - 1204, 1208 - 1209)
  37. Kujō Yoshitsune (1204 - 1205)
  38. Sanjō Kinfusa (1218 - 1221)
  39. Konoe Iezane (1221 - 1222)
  40. Saionji Kintsune (1222 - 1223)
  41. Saionji Saneuji (1246)
  42. Koga Michiteru (1246 - 1248)
  43. Takatsukasa Kanehira (1252 - 1253, 1276 - 1277)
  44. Saionji Sanekane (1291 - 1292)
  45. Tōin Kinkata (1348 - 1350)
  46. Nijō Yoshimoto (1381 - 1387)
  47. Ashikaga Yoshimitsu (1394 - 1395)
  48. Ichijō Kaneyoshi (1446 - 1450)
  49. Ichijō Fuyuyoshi (1493 - 1497)
  50. Konoe Taneie (1537 - 1542)
  51. Konoe Sakihisa (1582)
  52. Toyotomi Hideyoshi (1586 - 1598)
  53. Tokugawa Ieyasu (1616)
  54. Tokugawa Hidetada (1626 - 1632)
  55. Konoe Motohiro (1709)
  56. Konoe Iehiro (1710 - 1711)
  57. Konoe Iehisa (1733)
  58. Ichijō Kaneyoshi (1746 - 1751)
  59. Konoe Uchisaki (1768 - 1770, 1771 - 1778)
  60. Kujō Naozane (1780 - 1781)
  61. Tokugawa Ienari (1827 - 1841)
  62. Takatsukasa Misamachi (1842 - 1848)
  63. Sanjō Sanetomi (1871 - 1885)

Referências

  1. Kō Masuda. Kenkyusha's New Japanese-English Dictionary (em inglês). Tokyo: Kenkyusha Limited, 1974. ISBN 4767420156
  2. John Whitney Hall. The Cambridge History of Japan (em inglês). Cambridge: Cambridge University Press, 1993. p. 232. ISBN 9780521657280
  3. Richard Arthur Brabazon Ponsonby-Fane. The Imperial House of Japan (em inglês). Kyoto: Ponsonby Memorial Society, 1959. p. 53. OCLC 194887
  4. Walter G. Dickson. Japan: The Eight Boards of Government (em inglês). Michigan: Peter Fenelon Collier, 1898. p. 60.
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.