Damián Díaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Damián Díaz
Informações pessoais
Nome completo Damián Rodrigo Díaz
Data de nasc. 1 de maio de 1986 (28 anos)
Local de nasc. Rosario,  Argentina
Altura 1,68 m
Apelido Kitu
Informações profissionais
Clube atual =Emirados Árabes Unidos Al-Wahda
Número 9
Posição Meia-Atacante
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20072008
20082009
20092010
20102011
20112013
2013-
Argentina Rosario Central
Argentina Boca Juniors
Chile U. Católica
Argentina Colón
Equador Barcelona SC
=Emirados Árabes Unidos Al-Wahda
00038 000(6)
00004 000(0)
00032 00(14)
00036 000(6)
00068 00(21)
00001 000(2)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 13 de janeiro de 2014.


Damián Rodrigo Díaz (Rosario, Santa Fe, Argentina, 1 de maio de 1986) é um jogador de futebol argentino que atua como meio-campista ofensivo. Atualmente joga no Al-Wahda, do Emirados Árabes. É também conhecido como Kitu.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Damián Díaz estreou na Primeira Divisão Argentina em 2001, e após estreiar, demonstrou habilidade e despertou interesse de grandes clubes da Argentina como o Independiente, que chegou a oferecer US$1 milhão por seu passe.

Díaz caracteriza-se por ser um jogador rápido e dinâmico. Atua no meio, fazendo a função de segundo volante ou terceiro homem de meio de campo. Apesar da categoria, o jogador não conseguiu firmar-se como titular na equipe do Rosario Central. Em 23 de setembro de 2008 estreou com a camisa do Boca Juniors jogando dez minutos contra a LDU durante uma partida válida pela Copa Sul-Americana. O jogador, revelação do clube de Rosario, não conseguiu espaço e tampouco oportunidades na equipe do Boca Juniors por ser reserva de Riquelme, que estava vivendo grande momento no clube.

O jovem meia argentino já foi sondado por diversos clubes europeus e sul-americanos. Os casos mais recentes são do Botafogo, clube pelo qual despertou interesse em jogar, e da Universidad Católica, para a qual foi emprestado como moeda de troca do Boca Juniors pela vinda do zagueiro Gary Medel ao Boca Juniors.

No Chile[1] , o jogador viveu um grande momento em sua carreira, atuando com continuidade e com o apoio da torcida chilena. Em pouco tempo no clube, Kitu já era sinônimo de desequilíbrio no meio-campo e um dos melhores jogadores do campeonato.

Após a disputa da Libertadores 2010 pela Universidad Católica, na qual atuou nos 8 jogos da equipe e fez 1 gol, contra o Flamengo, Damián Díaz voltou ao futebol argentino, desta vez ao Colón.

Em junho de 2011 acertou por empréstimo com o Barcelona de Guayaquil, com passe fixado. Após se destacar na disputa do Campeonato Equatoriano, teve seus direitos econômicos comprados pelo clube.

Assinou em 2013 com o Al-Wahda, do Oriente Médio.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Boca Juniors


Universidad Católica


Barcelona SC


Individuais
  • Chile Melhor construtor de jogo do Futebol Chileno: 2009
  • Equador Seleção do Campeonato Equatoriano: 2012
  • Equador Melhor futebolista estrangeiro no Equador: 2012
  • Equador Futebolista do ano no Equador: 2012
  • Equador Melhor meio-campista no Equador: 2012
  • Seleção da Copa Sul-Americana: 2012

Referências[editar | editar código-fonte]