Dan McCafferty

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dan McCafferty
Dan McCafferty, 2009
Informação geral
Nome completo William Dan McCafferty
Nascimento 14 de Outubro de 1946 (67 anos)
Origem Dunfermline, Escócia
País Escócia
Gênero(s) Rock and roll
hard rock
Rock
heavy metal
Instrumento(s) Vocais
Período em atividade 1964 - 2013
Outras ocupações Cantor, vocal
Afiliação(ões) Nazareth, The Shadettes

Dan McCafferty (Dunfermline, 14 de outubro de 1946) é um cantor escocês. Sua trajetória artística iniciou-se no ano de 1965, quando passou a acompanhar seus amigos Pete Agnew e Darrel Sweet nas apresentações da banda local "The Shadettes" em pequenos clubes escoceses. Pete e Dan, aliás, são amigos desde os 5 anos de idade, quando estudaram juntos no mesmo colégio.

Dan tornou-se, assim, vocalista do "The Shadettes". Em 1968, com a chegada do guitarrista Manny Charlton, a banda passou a chamar-se "Nazareth".

Dono de uma voz rouca e potente, McCafferty não se limita a ser um intérprete de hard rock (estilo ao qual filia-se o Nazareth). Pelo contrário, o seu talento pode ser reconhecido nos vários estilos que esta banda escocesa tem experimentado durante sua longa carreira. Aliás, sua voz ficou mundialmente conhecida por intermédio de uma balada - a clássica regravação de "Love Hurts" (Bryant).

A música que lhe traz as melhores recordações é, provavelmente, "Broken Down Angel", pois foi com ela que o Nazareth chegou às "paradas de sucesso" pela primeira vez, em 1973.

Sua afinação e seu potencial vocal estão registrados não apenas nos inúmeros álbuns já lançados pelos escoceses do Nazareth, mas também em seus dois álbuns solo: "Dan McCafferty" (1975) e "Into The Ring" (1986). McCafferty é notável para a gama vocal dele e nomeia, e o cantar dele foi uma influência para cantores como Axl Rose de Guns n' Roses, Rob Halford de Judas Priest e Brian Johnson de AC/DC.

Porém, no dia 29 de agosto de 2013, Dan McCafferty anuncia sua aposentadoria, em virtude de problemas pulmonares crônicos. O futuro do Nazareth é incerto.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Nos anos 70, Ritchie Blackmore convidou Dan para ser vocalista do Deep Purple, na frente dos outros membros do Nazareth. Dan agradeceu pelo honroso convite, mas preferiu continuar ao lado de seus amigos de Dunfermline.
  • A exemplo da banda da qual participou há mais de quarenta anos, Dan McCafferty parece não ter se preocupado muito com o marketing durante sua carreira. Todavia, apesar da quase ausência de publicidade, Dan McCafferty é sempre lembrado pelos especialistas. Recentemente foi considerado, numa votação divulgada no site Digital Dream Door (atualizada em 17 de fevereiro de 2005), o 23° melhor vocalista de rock de todos os tempos.
  • Dan McCafferty e seus amigos do Nazareth já realizaram seis turnês pelo Brasil, sendo que as apresentações mais recentes em terras tupiniquins ocorreram em 2011[1] , sendo a próxima prevista para 2012. Estas turnês resultaram no lançamento do DVD e dos CDs Nazareth Live in Brazil. Dan, todavia, já havia passado por nosso país anteriormente: em 1975 esteve aqui para receber o disco de ouro pela gravação da eterna Love Hurts.
  • Depois de ficar quase dez anos sem gravar um CD de inéditas, o Nazareth finalmente gravou um novo álbum no ano de 2007, durante o mês de setembro.[2] O novo álbum contou com 13 músicas inéditas e foi, certamente, mais uma oportunidade para que Dan McCafferty mostrasse novamente ao mundo, todo o seu talento. Vale ressaltar também que, neste novo trabalho do Nazareth, Dan teve a produção de David Richards,[3] que já produziu grandes cantores como Freddie Mercury, Iggy Pop e David Bowie.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]