Snaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, Snaz (inglês) e melhore este artigo conforme o guia de tradução.

Snaz é o nome de um álbum duplo ao vivo lançado pela banda de hard rock escocesa Nazareth, no final de 1981.

Snaz
Álbum ao vivo de Nazareth
Lançamento Dezembro de 1981
Gravação Pacific Coliseum em Vancouver, maio de 1981
Gênero(s) Hard Rock
Duração LP 1: 46:20
LP 2: 47:06
Formato(s) LP Duplo (1981)
Gravadora(s) Vertigo
Phonogram International B.V.
Cronologia de Nazareth
Último
Último
The Fool Circle (1981)
2XS (1982)
Próximo
Próximo


A faixa título do álbum é "It's Naz", Contudo, ficou conhecido por SNAZ por causa de sua capa frontal, que só mostra as letras SNAZ, deixando o restante do titulo no meio da embalagem.

O álbum foi gravado no Pacific Coliseum em Vancouver, no Canadá em maio de 1981 durante a turnê da banda norte-americana de 1981. A banda gravou algumas das datas da turnê, mas sentiu esse show foi uma multa na sua totalidade. Inclusive, foi gravado também um show no Texas e em Seattle, no mesmo ano. Ainda, o referido show no Texas, foi gravado em vídeo também. Junto ao show no Texas, foram inseridas filmagens da banda transitando entre os habitantes da cidade, e alguns videos feitos para divulgar certas faixas do álbum The Fool Circle. Tal estilo de vídeo estava sendo adotado por quase todas as bandas de rock, que tinham o intuito da venda doméstica de VHS e Betamax. Contudo, a banda não se satisfez com o resultado final do trabalho, exigindo que as cópias lançadas fossem recolhidas. Em 2009 o referido vídeo foi redescoberto, em decorrência da curiosidade dos fãs em conhecer o trabalho do Nazareth enquanto sexteto. Assim, o dvd foi lançado através de distribuidoras independentes, com inúmeros títulos diferentes, dependendo do país. A primeira edição se chamou Live in Texas 1981. A edição brasileira levou o nome Hair of the Dog Live. As musicas gravadas em Seattle e descartadas entraram na edição deluxe lançada em 2011, pela empresa que esta lançando todo o catalogo da banda com bônus, a empresa SALVO, pertencente à gravadora Union Square Music Limited.

A primeira edição lançada pela Castle deixou de fora cinco faixas, dentre elas, as faixas de estúdio e outras do concerto. A segunda edição lançada pela Eagle Rock em 2005, recuperou a integra do disco duplo, em sua ordem original, ainda com um encarte explicativo contendo informações técnicas acerca do álbum. O encarte da edição deluxe de 2011 traz a reprodução da capa do vinil, com as fotos originais e seu encarte original. Além disso, traz de bônus as faixas: Java Blues, Cocaine, Big Boy, Holiday, Let me be Your Leader, Dressed to Kill, Hair of the Dog, e as faixas de estúdio Crazy (da trilha sonora do Filme Heavy Metal de 1981) e Morgantau (single com a versão em alemão de Morning Dew, com adição de sintetizadores). Como já referido, as musicas bônus ao vivo foram gravadas em Seattle em 1981.

Vale frisar que o disco foi belamente produzido pelo engenheiro de som John Punter, e foi ranqueado em 430 lugar no livro "The 500 Greatest Rock & Metal Albuns of All Time". Ainda, por diversas oportunidades, o disco foi arrolado como um dos melhores discos ao vivo já lançados no rock, junto com Thin Lizzy Live and Dangerous, UFO Strangers in the Night, Kiss Alive, Status Quo Live, e The Allman Brothers at The Fillmore East 1970. A versão de Cocaine encontrada no disco The Fool Circle é gravada ao vivo, mas não se trata da mesma versão do álbum ao vivo. Além desta, a banda interpreta faixas de outros artistas como This Flight Tonight (de Joni Mitchel), Beggars Day (de Nils Lofgren), Java Blues de Rick Danko, Shape of Things do The Yardbirds, Love Hurts, e Tush do ZZ Top, já conhecidas e queridas do publico.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas compostas por Nazareth, exceto.

Disco 1[editar | editar código-fonte]

Lado 1[editar | editar código-fonte]

  1. "Telegram: a) On Your Way" (Nazareth)
  2. "Razamanaz" (Nazareth) 4:21
  3. "I Want To Do Everything For You" (Joe Tex) 5:10
  4. "This Flight Tonight" (Joni Mitchell) 3:31
  5. "Beggars's Day" (Nils Lofgren) 3:45

Lado 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Every Young Man's Dream" (Darrell Sweet) 3:54
  2. "Heart's Grown Cold" (Zal Cleminson) 6:08
  3. "Java Blues" (Rick Danko) 5:10
  4. "Cocaine" (J. J. Cale)4:34
  5. "Big Boy" (Zal Cleminson) 3:45

Disco 2[editar | editar código-fonte]

Lado 3[editar | editar código-fonte]

  1. "Holiday" (McCafferty, Cleminson, Agnew, Sweet, Charlton) 3:45
  2. "Dressed to Kill" (McCafferty, Agnew 4:10
  3. "Hair of the Dog" (Nazareth) 6:05
  4. "Expect No Mercy" (Nazareth) 4:30
  5. "Shapes of Things" (Jim McCarty, Keith Relf, Paul Samwell-Smith) 6:34

Lado 4[editar | editar código-fonte]

  1. "Let Me Be Your Leader" (Charlton) 5:00
  2. "Love Hurts" (Boadleaux Bryant) 4:00
  3. "Tush" (Billy Gibbons/Frank Beard/Dusty Hill) 4:57
  4. "Juicy Lucy" (Studio Track) (Nazareth) 4:10
  5. "Morning Dew" (1981 Studio Version) (Tim Rose, Bonnie Dobson) 3:55

Músicos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Nazareth é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.