Estaleiro Atlântico Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Estaleiro Atlântico Sul é um estaleiro brasileiro localizado no município de Ipojuca, no estado de Pernambuco[1] .

O dique seco é a principal estrutura do estaleiro com 400 metros de extensão, 73 metros de boca e 12 metros de profundidade, o que possibilita a produção de embarcações com até 500 mil toneladas.

Em setembro de 2009 aconteceu a cerimônia de batimento de quilha do primeiro navio petroleiro do tipo Suezmax produzido pelo estaleiro para o Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef 1) da Transpetro.[2]

Tem encomenda para mais 9 desses navios, além de cinco do tipo Aframax, também para a Transpetro, e dois superpetroleiros do tipo VLCC, para a empresa Noroil Companhia de Navegação. O Atlântico Sul também construirá o casco da plataforma de petróleo P-55 para a Petrobrás.Em fevereiro de 2011 venceu a licitação de 7 navios sonda da Petrobras, com isso são 29 navios na sua carteira. o Estaleiro Atlântico Sul tem o objetivo de ser a maior, mais moderna e eficiente planta naval do Hemisfério Sul. Sua infraestrutura, tecnologia e porte dos equipamentos permitem reduzir significativamente o tempo de edificação, posicionando o Atlântico Sul no seleto time das plantas navais de quarta geração, ao lado dos estaleiros asiáticos, considerados vanguarda da construção naval mundial. É o único estaleiro brasileiro a figurar nesta classificação.

Navios construídos[editar | editar código-fonte]

Lista a completar

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.