Estudos de Kinsey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Estudos de Kinsey são dois livros controversos sobre comportamento sexual humano, Sexual Behavior in the Human Male (1948) e Sexual Behavior in the Human Female (1953), por Dr. Alfred C. Kinsey, Wardell Pomeroy e outros. Kinsey era um zoologista na Indiana University at Bloomington e o fundador do Institute for Sex Research.

As pesquisas de Kinsey's supreenderam o público em geral e foram imediatamente foco de controvérsia e visibilidade. As suas conclusões causaram choque e escândalo, não só por desafiarem ideias convencionais sobre a sexualidade mas também porque discutia questões que eram até então tabu. O senso comum que a heterossexualidade e a abstinência eram a norma quer ética quer estatística não tinha até então sido seriamente posto em causa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • A.C. Kinsey, W.B. Pomeroy, C.E. Martin, Sexual Behavior in the Human Male, (Philadelphia, PA: W.B. Saunders, 1948)
  • A.C. Kinsey, W.B. Pomeroy, C.E. Martin, P.H. Gebhard, Sexual Behavior in the Human Female, (Philadelphia, PA: W.B. Saunders, 1953)
  • Dr. Judith A. Reisman, Edward W. Eichel, Dr. John H. Court & Dr. J. Gordon Muir, Kinsey, Sex and Fraud, (Lafayette, LA: Lochinvar-Huntington House Publishers, 1990).