Giulio Lopes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giulio Lopes
Nome completo Julio Cesar da Silva Lopes
Nascimento 24 de julho de 1960 (54 anos)
Poá, SP
Ocupação Ator
Página oficial
IMDb: (inglês)


Giulio Lopes (Poá, 24 de julho de 1960) é um cenógrafo e ator brasileiro de teatro, televisão e cinema.

Nascido Julio Cesar da Silva Lopes viveu em Poá até os 23 anos (até 1983) e estudou em duas escolas do município (Colégio Técnico Batuíra e Escola Estadual Padre Simon) durante a infância e a adolescência. E costumava também durante a infância pescar no rio Guaió junto com seu pai, e quando não estava em horário de aula, ele trabalhava em uma bomboniere perto da Praça dos Expedicionários.

Antes de se mudar para a São Paulo, ele trabalhou em áreas administrativas de diversas empresas da região, com destaque para a Indústrias Brasileiras de Artigos Refratários que tem sede no bairro poaense de Calmon Viana.

A primeira vez em que ele sonhou em ser ator foi aos 8 anos de idade quando viu um filme de ação em um Cinema Esmeralda (atualmente fechado), sentado na poltrona, ele sonhou em ser um ator de verdade.

Giulio Lopes aos 22 anos entrou em um grupo de teatro onde começou a sua carreira. Três anos depois, já morando em São Paulo, ingressou na Escola de Arte Dramática na USP, depois disso nunca mais parou.

Futuramente ele pretende investir em uma carreira internacional e produzir um dia os seus próprios roteiros.[1]

Trabalhos na TV[editar | editar código-fonte]

No Cinema[editar | editar código-fonte]

No Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1982 - O Apocalipse ou o Capeta de Caruaru
  • 2001 - Laços Eternos
  • 2002 - Homens de Papel
  • 2003 - O Enigma Blavatsky
  • 2007 - O Inimigo do Povo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.