Goldfinger (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Goldfinger
Autor (es) Ian Fleming
Idioma Inglês
País Reino Unido Reino Unido
Género Romance policial, espionagem
Série James Bond
Editora Jonathan Cape
Lançamento 23 de Março de 1959
Cronologia
Último
Último
Dr. No
For Your Eyes Only
Próximo
Próximo

Goldfinger é o sétimo livro sobre o agente secreto britânico James Bond, lançado em 1959 e escrito por Ian Fleming.

O nome vilão foi inspirado no arquiteto britânico Ernő Goldfinger, que ameaçou processar Fleming, antes que o assunto foi resolvido fora do tribunal. O criador de 007 havia realmente baseado seu personagem em magnata do ouro Charles W. Engelhard, Jr..

Goldfinger originalmente tinha o título de The Richest Man in the World (O Homem Mais Rico do Mundo) e foi escrito em janeiro e fevereiro de 1958.

A história é centrada na investigação de James Bond sobre o contrabando de ouro de Auric Goldfinger, que também é suspeito pelo MI6 de estar ligado a SMERSH, a organização de contra-espionagem soviética. Além do contrabando, Bond descobre uma conspiração muito maior: Goldfinger planeja roubar as reservas de ouro dos Estados Unidos a partir de Fort Knox.

Este livro tornou-se o terceiro filme de James Bond da Eon Productions, lançado em 1964 e estrelado por Sean Connery como 007. Mais recentemente, Goldfinger foi adaptado para a BBC Radio com Toby Stephens como Bond e Ian McKellen como Goldfinger.


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.