Grão-Ducado da Finlândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Storfurstendömet Finland
Suomen suuriruhtinaskunta
Великое княжество Финляндское (Velikoye knyazhestvo Finlyandskoye)

Grão-ducado da Finlândia

Grão-ducado unido pessoalmente com o Império Russo

Flag of Sweden.svg
1809 – 1917 Flag of Finland 1918 (state).svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Finlândia
Continente Europa
Capital Turku (até 1812)
Helsinque (após 1812)
Língua oficial Sueco, finlandês¹ e russo²
Religião Evangélica luterana e finlandesa ortodoxa
Governo Monarquia
Grão-duque
 • 1809-1825 Alexandre I
 • 1825-1855 Nicolau I
 • 1855-1881 Alexandre II
 • 1881-1894 Alexandre III
 • 1894-1917 Nicolau II
General-governante
 • 1808-1809 Conde Sprengtporten
 • 1809-1810 Píncipe Barklay-de-Tolli
 • 1909-1917 General Seyn
Legislatura Dieta da Finlândia
História
 • 29 de março de 1809 Dieta de Porvoo
 • 6 de dezembro de 1917 Independência
Área
 • 1850 360 000 km2
População
 • 1850 est. 1 636 900 
     Dens. pop. 4,5/km²
¹ A partir de 1883
² Nos períodos de 1809 a 1863 e de 1900 a 1917.

O Grão-ducado da Finlândia foi um estado existente no território da atual República da Finlândia, estabelecido no ano de 1809, com a dieta de Porvoo, resultante da vitória do Império Russo na Guerra Finlandesa, teve sua independência em 1917. Apesar de de jure independente do Império Russo, os estados estavam sob uma união pessoal na mão do czar, que exercia o papel de grão-duque da Finlândia.

História[editar | editar código-fonte]

Mapa russo do Grão-Ducado da Finlândia .

A Finlândia fora um território integrante do reino da Suécia, que foi invadida por forças do Império Russo, durante a Guerra Finlandesa (1808-1809). Com o fim dessa guerra, foi assinado um tratado de paz na cidade de Hamina, em 17 de setembro de 1809. Nos termos desse tratado, foram cedidas ao Império Russo a região de Österland e uma parte da região de Norrland. Essas duas regiões correspondiam às províncias da Finlândia Própria, da Carélia, da Lapônia, da Ostrobótnia, de Satakunta, da Savônia, da Tavastia, da Uusimaa e de Åland. Foi, então, estabelecido o Grão-ducado da Finlândia, através da dieta de Porvoo, como um estado autônomo, mas ligado à Rússia sob uma união pessoal.

Em fevereiro de 1917, após a revolução Menchevique na Rússia, o governo finlandês começou a agir no sentido de garantir sua autonomia. Em outubro do mesmo ano, após a revolução Bolchevique na Rússia, a Finlândia declarou sua independência, que marcou a formação da Finlândia como estado-nação. Seguiu-se uma violenta guerra civil entre forças de direita e esquerda. Após a guerra e um curto período de monarquia, formou-se a república da Finlândia.

Política[editar | editar código-fonte]

Seção da dieta de Porvoo sendo aberta pelo czar Alexandre I do Império Russo.

O grão-ducado teve duas capitais nesse período: Turku, de 1809 a 1812, e Helsinque, de 1812 a 1917. Sua história pode ser dividida em três fases: consolidação (de 1809 a 1862), aumento da independência (de 1863 a 1898) e russificação (1899 a 1917).

O representante do czar no grão-ducado tinha o título de general-governante. O senado era o principal órgão do poder executivo da Finlândia, cujo representante em São Petesburgo (capital do Império Russo) era o ministro-secretário finlandês de Estado.

Em 1863, foi instituída a dieta de Finlândia, que funcionava como assembleia legislativa do Grão-ducado. Em 1906, o parlamento da Finlândia substituiu a dieta como órgão legislativo, e sua ordem hereditária foi substituída por uma universalmente eleita. Pela primeira vez na história, o sufrágio e a elegibilidade universal foram instituídos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Grão-Ducado da Finlândia