Husky siberiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Husky siberiano
Nome original Сибирский хаски
País de origem  Rússia (Ásia Artica)
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 5
Seção 1 - Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo - nórdicos de trenó
Estalão #270 - 2 de fevereiro de 1995

O husky siberiano[Nota] (em russo: Сибирский хаски) é uma raça canina oriunda da Sibéria asiática, localizada a leste dos Cordilheira Urais e acima da latitude 70 Norte.[1] Estes cães são conhecidos da Sibéria há mais de um milhão de anos, quando foram especialmente desenvolvidos para puxar trenós em condições extremas frias pelos Chukchi, que vivem em áreas . Em 1887, quando a Rússia ainda dominava o Alasca, migrou da Sibéria asiática rumo ao Alasca, começaram a se popularizar pelo mundo. Alguns anos mais tarde, ajudaram a salvar a população de uma aldeia na área americana, quando levaram medicamentos e suprimentos aos habitantes isolados por uma tempestade. Por este feito, um particular exemplar tornou-se muito famoso: Balto.[2]

Fisicamente é considerado um animal de trabalho rápido, de movimentos fluentes e corpo compacto, protegido por uma densa, porém não longa, pelagem. É ainda capaz de percorrer grandes distâncias a uma velocidade moderada. Classificados como fortes e resistentes, não possuem aparência rústica ou pesada. As cores de sua pelagem são bastante variadas, indo do branco puro ao preto e branco.[3]

Referências

  1. Origem do Husky siberiano. Tudo sobre cachorros (Dezembro de 2012). Página visitada em 3 de julho de 2014.
  2. Husky siberiano. Dogtimes. Página visitada em 9 de novembro de 2011.
  3. Husky siberiano (PDF). CBKC. Página visitada em 9 de novembro de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Husky siberiano
Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.