Itaverava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Itaverava
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 21 de marco
Fundação 30 de dezembro de 1962
Gentílico itaveravense
CEP 36440-000
Prefeito(a) Antônio Nicolau de Carvalho (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Itaverava
Localização de Itaverava em Minas Gerais
Itaverava está localizado em: Brasil
Itaverava
Localização de Itaverava no Brasil
20° 40' 40" S 43° 36' 36" O20° 40' 40" S 43° 36' 36" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008 [1]
Microrregião Conselheiro Lafaiete IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Conselheiro Lafaiete, Catas Altas da Noruega, Lamim, Ouro Branco, Ouro Preto e Santana dos Montes
Distância até a capital 120 km
Características geográficas
Área 282,642 km² [2]
População 8,843 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 0,03 hab./km²
Altitude 792 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,684 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 25 134,107 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 323,78 IBGE/2008[5]
Página oficial

Itaverava é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localizada na área da Estrada Real.

História[editar | editar código-fonte]

Sua colonização teve início no sec. XVII, sendo um dos primeiros arraiais auríferos da região. No verão de 1694, Manoel de Camargos, seu filho Sebastião de Camargos e alguns negros chegaram a Itaverava, descobrindo ouro na região. Logo depois, Manoel de Camargos é morto pelos índios e os sobreviventes retrocedem.

Depois disso, diversas bandeiras chegaram a região com o objetivo de encontrar mais minas. Após a formação do arraial de Itaverava, foi edificada a sua primeira igreja, dedicada a Santo Antônio de Lisboa, em 1726, que se transformou em matriz da localidade.

No sec. XVIII, quando ainda pertencia ao Termo de Vila Rica, era comum a grafia Itaberaba. Não há discrepâncias em relação a significação do topônimo: "pedra brilhante" ou "pedra reluzente". O município foi criado em 1962, com território desmembrado de Conselheiro Lafaiete.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2013 era de 8.833 habitantes.[6]

Itaverava é um município, onde sua área urbanizada é rodeada por cadeias de montanhas, a parte rural da cidade é voltada para a agricultura comercial e de subsistência, muitos pinheiros foram plantados pela grande rentabilidade proporcionada pelo mesmo ao ser revendido.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008.
  6. titulo=População|publicado=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística |acessodata=10 set. 2013
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.