Iván Valenciano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Valenciano
Informações pessoais
Nome completo Iván René Valenciano Pérez
Data de nasc. 18 de Março de 1972 (42 anos)
Local de nasc. Barranquilla,  Colômbia
Altura 1,75 m
Apelido El bombardero, El pechichón,
El cachetón, El Gordito de Oro
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1988-1992
1992-1993
1993-1996
1996-1997
1997-1999
1999
1999-2000
2001
2001
2003-2004
2004
2005
2005
2006
2006
2007
2008
Junior
Atalanta
Junior
Veracruz
Morelia
Independiente Medellín
Junior
Gama
Deportivo Cali
Deportes Quindío
Olmedo
Millonarios
Deportes Quindío
Junior
Olmedo
Centauros
Alianza Petrolera
096 (44)
005 0(0)
110 (93)
010 0(6)
028 0(9)
038 (24)
051 (26)
004 0(0)
013 0(5)
031 0(9)
017 0(3)
008 0(1)
015 0(3)
006 0(1)
011 0(1)
013 0(5)
? (?)
Seleção nacional
1991-2000 Flag of Colombia.svg Colômbia 29 (13)

Iván René Valenciano Pérez (Barranquilla, 18 de março de 1972) é um ex-futebolista colombiano que atuava como atacante.

Seu melhor desempenho ocorreu no Junior, onde teve quatro passagens. Também teve passagens apagadas no Brasil, atuando em quatro partidas pelo Gama, e na Itália, disputando cinco jogos pela Atalanta, em 1991. Jogou também por Veracruz, Morelia, Independiente Medellín, Deportivo Cali, Deportes Quindío, Olmedo e Centauros, sendo que neste último havia retomado a carreira em 2007.

El gordito de oro, como era conhecido, abandonou de vez os gramados em 2008, no Alianza Petrolera, da Segunda Divisão colombiana. Entretanto, sua despedida oficial foi um ano depois, em amistoso realizado no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, que contou com a presença do holandês Edgar Davids, do uruguaio Paolo Montero e também de quatro ex-companheiros de Seleção: Carlos Valderrama, Arnoldo Iguarán, Mauricio Serna e Faustino Asprilla. Atualmente é treina os atacantes do Real Cartagena.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Colombiana de Futebol, Valenciano jogou entre 1991 e 2000. Jogou a Copa América 1991, as Olimpíadas de Barcelona, em 1992 e a Copa de 1994, onde os Cafeteros eram apontados como um dos favoritos ao título. Porém a Colômbia acabou sendo eliminada ainda na primeira fase. Ao não ser convocado para a Copa de 1998, Valenciano começou a planejar seu adeus à Seleção, ocorrido dois anos depois.


Bandeira de ColômbiaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista colombiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.