James Arthur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Arthur
Matemática
Nacionalidade Canadá Canadense
Nascimento 18 de maio de 1944 (69 anos)
Local Hamilton (Ontário)
Atividade
Campo(s) Matemática
Instituições Universidade Yale, Universidade Duke, Universidade de Toronto
Alma mater Universidade de Toronto, Universidade Yale
Orientador(es) Robert Langlands
Prêmio(s) Prêmio CRM-Fields-PIMS (1997)

James Grieg Arthur (Hamilton (Ontário), 18 de maio de 1944)[1] é um matemático canadense.

Foi presidente da American Mathematical Society, no biênio 2005-2006. É atualmente professor do Departamento de Matemática da Universidade de Toronto.

Nascido em Hamilton, Ontario, Arthur graduou-se na Universidade de Toronto em 1966, onde obteve o mestrado em 1967. Obteve o Ph.D. na Universidade Yale em 1970. Arthur lecionou na Universidade Yale de 1970 a 1976. Tornou-se professor da Universidade Duke em 1976. Desde 1978 é professor da Universidade de Toronto.[1]

Pupilo de Robert Langlands, é conhecido pela fórmula do traço de Arthur–Selberg, generalizando a fórmula do traço de Selberg do caso de rank um (devido a Selberg) para grupos redutivos gerais, uma das mais importantes ferramentas para pesquisa do programa de Langlands. Também introduziu as conjecturas de Arthur.

Em 1992 foi eleito membro da Royal Society.[2] Foi eleito membro honorário estrangeiro da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos em 2003.[3]

Referências

  1. a b James Grieg Arthur. International Mathematical Union. Página visitada em 21 de agosto de 2011.
  2. Fellows. Royal Society. Página visitada em 21 de agosto de 2011.
  3. Book of Members, 1780-2010: Chapter A. American Academy of Arts and Sciences. Página visitada em 21 de agosto de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.