Garotinho (locutor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José Carlos Araújo
(Garotinho)
Nome completo José Carlos Lopes de Araújo
Nascimento 7 de Maio de 1940 (74 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Locutor
Apresentador
Principais trabalhos Rádio
Rádio Globo (1964-1977 e 1984-2012)
Rádio Nacional (1977-1984)
Bradesco Esportes FM (2012-2013)
BandNews FM (2012-2013)
Transamérica do Rio de Janeiro (2013 - presente)
TV
CNT (1995 - 2007)
Band Rio (2007 - 2014)
SBT Rio (2014-presente)

José Carlos Lopes de Araújo, conhecido também como Garotinho, (Rio de Janeiro, 7 de maio de 1940) é um locutor esportivo e apresentador de televisão brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Já criança ele narrava jogos de futebol de botão no bairro de Vila Isabel, no Rio de Janeiro. Aos 14 anos já apresentava programas na Rádio Roquette-Pinto. José Carlos Araújo entrou para a Rádio Globo na década de 1960 ficando por lá até 1976 quando foi para a Rádio Nacional. Depois de sete anos, em 1º de dezembro de 1984, voltou para a Rádio Globo. Em 2009, foi publicado o livro biográfico "Paixão pelo rádio", contando detalhes da carreira de Garotinho. O livro, escrito pelo jornalista Rodrigo Taves, é encontrado nas principais livrarias do Rio de Janeiro e no site travessa.com.br.

Como apresentador de televisão, José Carlos Araújo fez, durante 14 anos o programa Mesa Redonda Rio na CNT, saindo do ar em 2007 onde foi apresentar o Jogo Aberto Rio e em seguida o Os Donos da Bola na TV Bandeirantes Rio até o início da Copa do Mundo de 2014.Em 25 de agosto,estreia no SBT Rio no segmento esportivo do jornalístico comandado por Isabele Benito[1] É também professor de Geografia formado pela UERJ e Oficial R/2 do Exército Brasileiro pelo CPOR/RJ e pára-quedista.

Em 2012, após 28 anos consecutivos (e 42 no total somando as duas passagens), aos 71 anos, Garotinho sai da Rádio Globo, onde narrava os jogos e apresentava o programa Globo Esportivo no Rio de Janeiro.[2] Fez sua despedida na final do Campeonato Carioca de 2012, onde narrou o primeiro tempo da partida, e passou o bastão para seu substituto Luiz Penido no intervalo do clássico Vovô[3] . Garotinho se transferiu para a rádio Bradesco Esportes e para a Rádio BandNews Fluminense FM, onde fez a locução dos jogos dos times do Rio de Janeiro, além de apresentar, entre 10:30 e 11:00, o Jornal Band News Rio 1ª Edição e a primeira edição do Nossa Área na emissora esportiva das 11h15 as 12h depois da participação de Jorge Eduardo.[4] Desde fevereiro de 2014, Garotinho e sua equipe comandam o futebol da Transamérica do Rio de Janeiro. [5] Em setembro de 2014, o SBT Rio anuncia a contratação de Garotinho, para comentar tudo o que acontece no mundo do futebol, no telejornal da cidade. Em novembro, José Carlos, junto com Gérson Canhotinha de Ouro, Gilson Ricardo e Dé O Aranha, ganharão um programa esportivo.

Frases[editar | editar código-fonte]

Garotinho é também famoso por suas frases que são marcas registradas, seja durante as partidas, seja nos programas diários.

  • “Seja paciente na estrada, para não ser paciente no hospital dirija com cuidado.”
  • “Voltei!”
  • “Sou eu!”
  • “Apontou,Atirou, entrou!”
  • “Golão, golão, golão.”
  • “Se o jogo tá na tevê a gente se liga em você.”
  • “Gente que se liga na gente.”
  • “Apite comigo galera.”
  • “E o tempo vai passandoooo!” (Rádio Nacional)
  • “Olha a amarelinha (vermelhinha)! Parou, parou, parou.” (Rádio Nacional)
  • “Obrigado a você pela carona que me dá,…”
  • "Vai mais, vai mais, Garotinho"
  • "Loonge pra dedéu.... Prá lá de Marraquesh!!! Ô xará! Assim não dá!" (Rádio Nacional)
  • “Deu quebra de asa”
  • “Gente de cuca jovem no pique da Transamérica”
  • “Você do volante obrigado pela carona que me dá com a Transamérica ao seu lado”
  • “Brasileiro não vive sem rádio, o seu maior companheiro”
  • "E aí, tá gostando?" (Canhota)
  • "Garotinho vai bombar." (Band News e Bradesco)
  • "Mandou mal. Lá na geral. Que nem perna de pau!"
  • "E no placar do Maraca, olha ele ele aí!"
  • "Dá um cheguinho na meia."
  • "Tá na grama, tá no pé, tá no ar e a bola vai rolar!"
  • "Cheguei! Hoje é dia de jogão e jogão é na Transamérica!"
  • "Mandou mal! Lá na geral"
  • "Voltei!"
  • "Terminou!"
  • "Currupio"*
  • "Bom dia/Boa tarde/boa noite a maior plateia esportiva do rádio"(dependendo do horário)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

http://radiodeverdade.com/2013/06/09/exclusivo-radio-de-verdade-entrevista-jose-carlos-araujo-o-garotinho-mais-amado-do-brasil/☀

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.