Julius Wagner von Jauregg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julius Wagner-Jauregg Medalha Nobel
Medicina
Nacionalidade Áustria Austríaco
Nascimento 7 de Março de 1857
Local Wels
Morte 27 de Setembro de 1940 (83 anos)
Local Viena
Atividade
Campo(s) Medicina
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1927)

Julius Wagner-Jauregg (Wels, 7 de Março de 1857Viena, 27 de Setembro de 1940) foi um médico psiquiatra austríaco, criador da "malarioterapia".

Lutou trinta anos à procura de um meio de combater a insônia provocada pelo espiroqueta de Schaudinn (sífilis).[1] Em 14 de junho de 1917, utilizando-se de um soldado contaminado pela malária, foi o seu sangue injetado em doentes mentais: ficou provado que a violenta febre ocasionada pela malária dissipava as névoas do raciocínio, perturbado pela sífilis.[1] Sua teoria era confirmada: o único meio de atacar estes microorganismos portadores da loucura, quando localizados no cérebros humano, seria e elevação da temperatura até o ponto de aniquilar o micróbio no seu próprio reduto.

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1927, por introduzir o tratamento da paralisia geral causada pela sífilis.

Referências

  1. a b Os editores. Dicionário Prático de Biografias. Editora Amazonas Ltda, Vol 2. Pag. 160, 1979.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Johannes Fibiger
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1927
Sucedido por
Charles Nicolle


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.