Kira Yamato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Kira Tamato (キラ・ヤマト, Kira Yamato), é um personagem do anime Gundam.

Ele é o protagonista do Anime Gundam seed, e um personagem importante em Gundam seed destiny.

Kira é um Coordinator da 1º Geração. No começo de Gundam seed, Kira morava em colônia neutra, para que assim pudesse fugir da guerra. Um expert em computação científica. Ele ajudou nas pesquisas e desenvolvimento das mesmas no seu colégio, chamado de Heliopólis tecnical colege (Colégio técnico de Heliópolis). Em ambos Gundam seed e Gundam seed destiny, a sua amizade com Athrun Zala, formou um dos principais temas da história

Fogo cruzado em Heliópolis: o Surgimento do GAT-X105 Strike[editar | editar código-fonte]

Durante a Bloody Valentine War,Kira mora em uma colônia neutra e pacífica e frequenta e escola de Heliópolis, aonde tem como amigos: Sai Argyle, Kuzzey Buskirk, Miriallia Haw, and Tolle Koenig. Kira também sente uma pequena atração pela noiva de Sai, Flay Allstar. Kira tem um pequeno pássaro robô, chamado Birdy (Torii na Versão original), que foi dado por seu amigo de infância, Athrun Zala, que também o construiu.

No 1º episódio de Gundam Seed, Heliópolis é atacada pelas forças de ZAFT. No momento do ataque, Kira e seus amigos faziam uma visita a Fábrica de armamento da Aliança Terrestre. Durante a evacuação, Kira é separado dos seus amigos, e acaba encontrando uma menina misteriosa que ajuda-o a fugir. Mais tarde eventualmente, ele é obrigado à colocá-la em uma câmara de fuga, já que havia apenas uma vaga, para que ela possa sobreviver.

Depois disso, Kira encontra o GAT-X105 Strike e o GAT-X303 Aegis no galpão da Fábrica e vê a oficial do governo Murrue Ramius machucada por um tiro no ombro. Assim, enquanto ele tenta ajudá-la a fugir do galpão, aparece o seu antigo melhor amigo, Athrun Zala. Ambos ficam chocados ao ver um ao outro. Ramius tenta acertar Athrun com um tiro, que captura o Aégis, ao mesmo tempo que Kira e Ramius entram no X-Strike.

Fora da fábrica, Athrun informa ao ZGMF-1017 GINN (piloto Miguel Aiman), que o Strike está sendo pilotado por um soldado da Aliança Terrestre. Miguel aconselha Athrun a retornar o Aegis para a nave, enquanto Miguel tenta capturar o X-strike. Ramius não tem a mínima chance contra Miguel; Vendo que seus amigos Sai, Kuzzey, Miriallia, and Tolle, correm perigo em meio a batalha, kira toma o controle do X-Strike e força Miguel a recuar.

Depois da batalha, Murrue diz a Kira e a seus amigos, que eles terão que ficar com ela, pois viram sem querer um segredo da Aliança terrestre. De repente começa um ataque de Rau Le Creuset forçando Kira mais uma vez a usar o X-Strike, agora com o Laucher pack. Creuset é forçado a recuar e a reconhecer a força do garoto no Gundam (Apelido do X-Strike). Rapidamente chega à Terra para o resgate,Mu La Flaga, Natarle Badgiruel e os outros sobreviventes do ataque repentino em Heliópolis.

Mu percebe que Kira não é um garoto normal (Kira foi capaz de reescrever e entender o sistema operacional do X-Strike em poucos segundos e assim pilotá-lo adequadamente) e pergunta se ele é um Coordinator. Quando Kira afirma q sim, os soldados da Aliança terrestre apontam a suas armas em direção a ele, mas Tolle afirma que ele não é um inimigo, nem das forças de ZAFT. Murrue lembra que Orb tem uma politica anti-preconceito contra os Coordinators, assim possibilitando a vivência dos mesmos em Heliópolis. Mu então pede desculpas pelo alvoroço causado.

Kira demonstra não ter mais vontade de pilotar o X-Strike de novo, mas Mu (uma espécie de mentor e cara inteligente durante a série inteira), diz à Kira, que ele é o único capaz de pilotar o Gundam e que se ele tem a força para fazer a diferença, que a faça. em uma batalha posterior contra ZAFT, Kira acaba por matar Miguel e a colônia de Heliópolis entra em colapso. Kira recupera uma "nave salva-vidas" de Debris (uma nave civíl que fugia de Heliópolis após o ataque). Entre os sobreviventes estava Flay.


No Archangel[editar | editar código-fonte]

Depois de se tornar o piloto do X-Strike, Kira confronta Inúmeras vezes seu amigo Athrun , que é um soldado de ZAFT. Enquanto Athrun luta para proteger sua nação, Kira, que odeia guerras, luta para proteger seus amigos que estão a bordo do Archangel. Depois da 1º batalha entre eles, depois da destruição de Heliópolis, Athrun convida o Kira para se juntar as forças de ZAFT. Vendo a resistência de Kira, Athrun diz que a sua mãe foi morta na Bloody Valentine Incident, e isso foi o que o levou a se juntar às forças de ZAFT. Isso mexe com Kira, mas ele recusa, pois tem que proteger pessoas queridas a bordo do Archangel. Mu la flaga chega e obriga Athrun a se retirar.

Uma reviravolta do destino, coloca a ídolo pop Lacus Clyne (Noiva de Athrun) a bordo da Archangel (graças ao identificador de lixo espacial utilizado pelo Archangel que detectou uma "nave salva-vidas" que escapou de uma nave de passeio de PLANT; Devido a uma batalha que ocorreu contra a nave da aliança terrestre Nelson, que confudiu a nave de passeio com uma nave militar). No decorrer da história, Natarle Badgiruel usa Clyne como escudo e como refém para manter a Archangel a salvo dos ataques de ZAFT. Antes de retornar à Archangel, Kira é questionado por Athrun se a sua idéia de justiça é usar um civíl como refém. Athrun então jura que irá resgatar Lacus de qualquer forma. Posteriormente, Kira devolve Clyne com a ajuda de Sai e Miriallia para Athrun. Novamente Kira é convidado a se juntar as forças de ZAFT, mas mais uma vez diz que não pode pois tem amigos a proteger. Athrun grita que da próxima vez que se encontrarem, irá matar Kira, que responde com a mesma moeda (embora perceba-se nitidamente a tristeza dos dois escondida abaixo do rancor). Após deixar Kira, Clyne fica triste, pois ele compartilha do mesmo sentimento que ela sobre as guerras, porém tem a força que é necessária para a Archangel se manter de pé. Após o ocorrido, Kira é condenado pelo Chancelor supremo da Archangel; Mas todas as suas acusações são dissipadas, pois ele no final das contas, ainda é um civíl.

Quando Flay testemunha a morte do seu pai, ela se enfurece com Kira pois ele prometeu proteger seu pai e afirma que ele não estava lutando a sério pois estava lutando contra seus amigos Coordinators. Essa acusação fez com que Kira ficasse profundamente chateado. Mais tarde Flay se desculpa com Kira, e dá um beijo nele, fingindo uma atração, para que Kira lutasse com mais vontade e pudesse protegê-la com mais afinco. Kira mostra o seu lado mais violento liberando o SEED Mode pela primeira vez na luta contra o GAT-X102 Duel, em que ele machuca e deixa uma cicatriz no rosto do piloto Yzak Joule.