Língua ingriana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ingriano (Ižor(k)an keeli/kiili)
Falado em: Íngria
Total de falantes: 500
Família: Urálica
 Fino-Úgrica
  Ingriano
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: izh

A Língua Ingriana (também chamada Izhoriano) é uma das línguas fino-úgricas. É falada por cerca de 500 pessoas da etnia Izhoriana (Principalmente pelos cristãos ortodoxos) da Íngria. A maioria desses falantes são bem idosos. Essa língua não deve ser confundida com os dialetos do sudeste da Finlândia que se tornaram majoritários no século XVII, como a chegada de migrantes finlandeses luteranos, cujos descendentes, (Fineses Ingrianos) são por vezes chamados de Ingerianos. A imigração desses fineses luteranos foi promovida pelas autoridades suecas (que ganharam essa área da Rússia em 1617), enquanto que a população local permaneceu na fé ortodoxa.

História[editar | editar código-fonte]

Entre 1932 e 1937 existiu uma ortografia própria para o Ingriano, a qual era ensinada nas escolas da península de Soikinsky e da área da foz do rio Luga.[1] Muitos livros texto foram publicados, incluindo uma gramática (1936). Porém, em 1936 a língua Izhoriana escrita foi abolida junto com as grandes repressões aos camponeses da região.[1]

Alfabeto[editar | editar código-fonte]

O primeiro alfabeto latino adaptado para a língua Ingriana tinha 24 letras, não havia as letras C, Q, W, Z e havia Ä e Ö e foi implementado em 1932. Em 1936 foi incrementado com as letras C, Ç, Z, Ƶ, Ş, Š e a russa Ь,; A escrita mais moderna apresenta 27 letras, não usando mais Š nem a russa Ь.

A a Ä ä B b V v G g D d E e Ƶ ƶ
Z z I i J j K k L l M m N n O o
Ö ö P p R r S s T t U u F f H h
C c Ç ç Ş ş Ь ь

Notas e referências

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Sis ku raasseli, otti hämmin kättee i lykkäis sinne kalloi, sis hää nägi kuim paljo seel on kallaa, arvais kuim paljo höö maksad. Siz raasseli märnää: kuimn paljo maksaat kalan? No kippari seeld märnää, sto viiskymmend rublaa! Seelt taaz raasseli mörnää: oda koltkymmend. Kolmaz veel lizäjää: oda viiskymmend. Kippari taaz mörnää: lissää veel! No olkaa sis viiz rublaa veel lissään! Sis kippari sanoo, sto: olkaa sis sevverran hintaa! Raasseli siz mörnää: ossettu on. Sis toized raasselin ajjaad loond poiz, a hää jääbi kallooja mättämää saahka. No viiz rublaa veel liitkoja kyzytti: naized ostiit pulgad a meehed joivad viinaa.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em língua finlandesa

  • Paul Ariste] 1981. Keelekontaktid. Tallinn: Valgus. [pt. 2.6. Kolme läänemere keele hääbumine lk. 76 - 82]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]