Línguas úgricas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Línguas úgricas ou línguas ugrianas são um ramo das línguas fino-úgricas. O termo deriva de Yugra, o nome de um território russo entre o rio Pechora e o norte dos montes Urais.

Elas incluem três línguas: húngara (Magyar), e as línguas ob-úgrica, khanty (Ostyak) e língua mansi (Vogul). Sua língua comum, a língua proto-úgrica foi provavelmente falada do final do terceiro milênio a.C. até a primeira metade do primeiro milênio a.C., na Sibéria Ocidental, leste do sul dos montes Urais.

Características estruturais[editar | editar código-fonte]

  • Conjugações distintas de verbos de acordo com a transitividade do verbo. Às vezes é determinada como conjugação “definida” versus “indefinida”, porque também a indefinição do objeto pode desempenhar um papel quando colocado entre os dois.
  • Prefixos verbais - modificam o sentido do verbo no caso concreto e no abstrato.

Exemplos da língua mansi

ēl(a) - 'adiante, avante, para longe'

jōm- 'ir, andar com passos largos' ēl-jōm- 'partir'
tinal- 'vender' ēl-tinal- 'liquidar'

χot - 'direção para longe de algo ou outras variações da intensidade da ação'

min- 'ir' χot-min- 'partir, parar'
roχt- 'estar amedrontado' χot-roχt- 'levar de repente um susto'

Exemplos da língua húngara

el - 'para longe'

ugrik 'saltar' elugrik 'saltar para longe'
mosolyog 'sorrir' elmosolyodik 'começar a sorrir'

ki - 'fora (de)'

ugrik 'pular' kiugrik 'pular para fora'
olvas 'ler' kiolvas 'expulsar'

(Em húngaro, a conjugação dos verbos nos exemplos aqui apresentados está na terceira pessoa do singular, que não apresenta qualquer sufixo.)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]