Lísis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lísis é um diálogo platônico que ocupa-se com o conceito de phylia (amizade, amor). Pertence à série conhecida como "primeiros diálogos", composto na época em que o autor ainda era jovem.

Esse texto é essencialmente um monólogo de Sócrates, com o objetivo de cativar o interesse do público; sobre o discurso da ideia de "amor, amizade"; composto pelos jovens Menexeno e Lísis. Provavelmente composto depois de Cármides e Laques por causa dos elementos fundamentais do sistema platônico visíveis durante o texto.

Os personagens são Sócrates, Hipotalés (admirador secreto de Lísis), Ctesipo, Menexeno e Lísis.

  • ¤ Não é da autoria de Platão segundo a maioria dos estudiosos
  • † Não é geralmente aceito pelos estudiosos
  • ‡ Somente trechos têm a autoria comprovada.
Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.