Luiz Tatit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Luiz Tatit
Informação geral
País Brasil

Luiz Augusto De Morais Tatit (São Paulo, 23 de outubro de 1951) é músico, lingüista e professor universitário brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Luiz Tatit é graduado em Letras (Lingüística) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (1978) e em Música (Composição), pela Escola de Comunicações e Artes (1979) da mesma universidade.

Obteve seu doutorado em 1986 na FFLCH da USP, com a tese Elementos semióticos para uma tipologia da canção popular brasileira.

É professor titular do Departamento de Lingüística da Faculdade de Filosofia, Letras & Ciências Humanas da USP.

Luiz Tatit escreveu a letra da canção Capitu, homenagem ao personagem do livro Dom Casmurro, de Machado de Assis, gravada por Zélia Duncan e Ná Ozzetti.

Sua canção Achou foi vice-campeã de júri e de público no Festival da TV Cultura, defendida por Ceumar.

A canção Show, defendida por Ná Ozzetti no "Festival da Música Brasileira", da TV Globo, deu à cantora o prêmio de "Melhor Intérprete", e o direito a gravar um CD pela Som Livre, que recebeu o mesmo título da canção - Show.

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

  • A canção: Eficácia e Encanto. Ed. Atual, 1986.
  • Semiótica da Canção: Melodia e Letra. Ed. Escuta, 1994.
  • O Cancionista: Composição de Canções no Brasil. Edusp, 1996.
  • Musicando a Semiótica: Ensaios. Ed. AnnaBlume, 1997.
  • Análise Semiótica Através das Letras. Ateliê Editorial, 2001.
  • O Século da Canção. Ateliê Editorial, 2004.
  • Três Canções de Tom Jobim. (com Arthur Nestrovski e Lorenzo Mammi) Cosac e Naify, 2004.

Produção musical[editar | editar código-fonte]

É membro fundador do Grupo Rumo, representante da vanguarda musical paulista da década de 1980. Com o Grupo RUMO, incluindo compactos, Luiz Tatit gravou no total seis discos, relançados em 2004.

A partir da década de 1990 segue carreira solo.

Discos com o Grupo Rumo:

  • 1981 - "Rumo" - Independente
  • 1981 - "Rumo aos antigos" - Independente
  • 1983 - "Diletantismo" - Continental
  • 1985 - "Caprichoso" - Independente
  • 1989 - "Quero Passear" - Eldorado
  • 1991 - "Rumo ao Vivo" - Camerati

Discos solo:

  • 1997 - "Felicidade" - Dabliú
  • 2000 - "O meio" - Dabliú
  • 2005 - "Ouvidos Uni-vos" - Dabliú
  • 2007 - "Rodopio" - Dabliú (DVD)
  • 2010 - "Sem Destino" - Dabliú

Ligações externas[editar | editar código-fonte]