Mandato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Mandato é uma palavra usada para definir o espaço de tempo público ou privado que um ocupante, nomeado ou não, concursado ou não e designado que ocupe em caráter provisório um cargo ou função pública.

Pois por força de lei local o mandatário têm suas funções renovadas ao iniciar um novo governo.

Assim um mandatário público têm em média um período de cinco anos para cumprir seu mandato eletivo renovável conforme a constituição local.

Não confundir com mandado do latim "mandare", melhor definido no próprio tópico.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Existem vários tipos de mandatos, dos quais se destacam alguns mais comuns:

Governador, eleito por cinco ou até sete anos conforme o país, para administrar um estado ou uma província.

Quem os nomeia?[editar | editar código-fonte]

Quem nomeia os ocupantes dos cargos eletivos são os poderes executivo na presença do Presidente, legislativo através do representante superior ou Presidente e judiciário por um Ministro, Desembargador e Juiz, conforme o caso.

Exceto os casos dos mandatários da esfera superior a exemplo do Presidente, Governador e cargos eletivos, que são eleitos pelo sistema de sufrágio universal ou votação. Os demais cargos do primeiro escalão são todos nomeados.