Muhammad Iqbal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sir Muhammad Iqbal, em urdu: محمد اقبال (Sialkot, 9 de novembro de 187721 de abril de 1938), também conhecido como Allama Iqbal (علامہ اقبال), foi um filósofo, poeta e político indiano, um dos grandes nomes da literatura urdu.

Obras[editar | editar código-fonte]

Prosa[editar | editar código-fonte]

  • Ilm ul Iqtisad (1903)

Poesia em persa[editar | editar código-fonte]

  • Asrar-i-Khudi (1915)
  • Rumuz-i-Bekhudi (1917)
  • Payam-i-Mashriq (1923)
  • Zabur-i-Ajam (1927)
  • Javid Nama (1932)
  • Pas Cheh Bayed Kard ai Aqwam-e-Sharq (1936)
  • Armughan-e-Hijaz (1938)

Poesia em urdu[editar | editar código-fonte]

  • Bang-i-Dara (1924)
  • Bal-i-Jibril (1935)
  • Zarb-i Kalim (1936)

Livros em inglês[editar | editar código-fonte]

  • The Development of Metaphysics in Persia (1908)
  • The Reconstruction of Religious Thought in Islam (1930)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.