My Little Pony: Equestria Girls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
My Little Pony: Equestria Girls
My Little Pony: Equestria Girls (PT/BR)
 Estados Unidos Canadá
2013 • cor • 70 min 
Direção Jayson Thiessen
Produção Sarah Wall
Devon Cody
Roteiro Meghan McCarthy
Elenco Tara Strong
Ashleigh Ball
Andrea Libman
Tabitha St. Germain
Cathy Weseluck
Rebecca Shoichet
Género animação
aventura
comédia
musical
Idioma Inglês
Música William Anderson
Daniel Ingram
Edição Mark Kuehnel
Estúdio Hasbro Studios
DHX Media/Vancouver
Distribuição Estados Unidos ScreenVision
Estados Unidos Shout Factory (DVD)
Lançamento Estados Unidos 15 de junho de 2013
Brasil 6 de outubro de 2013
Portugal 4 de março de 2014
Cronologia
Último
Último
My Little Pony Equestria Girls: Rainbow Rocks
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

My Little Pony: Equestria Girls é um telefilme de animação, aventura e comédia de 2013 escrito por Meghan McCarthy e dirigido por Jayson Thiessen. O filme é baseado na série de animação My Little Pony: Friendship Is Magic, exibida pelo canal Hub Network. Foi feito também para promover o 30º aniversário da linha de brinquedos My Little Pony. Uma sequência intitulada Equestria Girls: Rainbow Rocks foi anunciada em meados de Fevereiro de 2014, e será lançada em 27 de setembro de 2014, e já no brasil o filme vai ser lançado em novembro de 2014.

O filme se passa após o final da terceira temporada e mostra a recém-coroada Princesa Twilight Sparkle indo até o mundo humano recuperar sua coroa, e lá conhece cinco garotas completamente diferentes e que se assemelham a suas amigas pôneis de Equestria.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme começa com a imagem do Império do Cristal, com Twilight Sparkle, Spike e suas amigas desembarcando de um trem na estação e entrando no Castelo de Cristal para atender à primeira cúpula de princesas de Twilight após a coroação. Twilight está simultaneamente nervosa e animada (ou "nervimada" como sugere Pinkie) sobre a cúpula e diz que se sente um pouco envergonhada de usar sua coroa, mas seus amigos a consolam, acreditando que sua nova posição como princesa deve ser aceita. Na sala do trono, Twilight esbarra em um guarda real Pegasus, que a apresenta como "sua alteza, princesa Twilight Sparkle", e ela e seus amigos se reencontram com as Princesas Celestia, Luna e Cadence. Celestia toma conhecimento do cansaço de Twilight e seus amigos após a viagem e os manda para a cama. Algum tempo depois, Twilight coloca sua coroa, e novamente se sente insegura consigo mesma, questionando o que irá acontecer agora que ela é uma princesa. Spike garante a ela que irá ficar tudo bem, e os dois vão dormir (embora Twilight tenha tido alguns problemas em manter suas asas dobradas).

Mais tarde naquela noite, uma pônei de manto invade o castelo, passando discretamente pela patrulha de guardas reais e vai até o quarto de Twilight e Spike. Enquanto dormem, a pônei usa sua mágica de unicórnio para trocar a coroa de Twilight por uma falsa e tenta fugir com a verdadeira. No entanto, quando a unicórnio tenta escapar, ela acaba tropeçando da cauda de Spike, acordando os dois de seu sono profundo. Twilight, percebendo a coroa na bolsa da unicórnio, grita "Ladra!" e inicia a perseguição. Seus gritos acordam as outras cinco pôneis, que rapidamente se juntam à perseguição. Ela tenta agarrar a unicórnio, e a coroa acaba voando da bolsa e é teletransportada através de um espelho mágico. A égua ladra, com um sorriso sarcástico, se solta de Twilight e também entra no espelho, para o choque de todos. Na manhã seguinte, a Princesa Celestia identifica a unicórnio como Sunset Shimmer, sua ex-aluna. Ela começou seus estudos com Celestia um pouco antes de Twilight, mas se tornou cruel e desonesta, abandonando seus estudos, o que provavelmente a levou a roubar a coroa. Spike então mostra a coroa falsa deixada por ela, e Celestia deduz que Sunset Shimmer pensou que Twilight não notaria tão depressa que o objeto não é seu, e quando percebesse, seria tarde demais para recuperar a coroa verdadeira. Quando Twilight questiona à Celestia para onde Sunset foi, a princesa mostra-lhes o espelho.

O espelho é de fato um portal para outro mundo, um mundo alternativo, que se abre uma vez a cada trinta luas. Ele sempre foi guardado na sala do trono do Castelo Canterlot, mas quando a Princesa Cadance assumiu o Império do Cristal, o mandaram para lá. Celestia conta que presumia que Sunset Shimmer usaria este portal para retornar a Equestria e seguir seus conselhos, o que não aconteceu. A princesa Twilight então recebe a tarefa de se aventurar neste outro mundo para recuperar sua coroa; sem ela, os outros Elementos da Harmonia não terão poder e Equestria ficará sem um de seus mais importantes meios de defesa. A princesa Luna conta para Twilight que o Elemento não pertence ao lugar que Sunset chama agora de lar, e que sob sua posse, pode trazer mal aos habitantes deste outro reino. Infelizmente, esta missão tem uma lista de complicações. Primeiramente, Twilight deverá ir sozinha, pois mandando suas amigas pode criar confusão e afetar o equilíbrio do mundo alternativo. Além disso, ela ainda terá que recuperar a coroa em exatamente três dias, pois quando a lua atingir seu pico no céu à noite o portal se fechará e depois disso passarão mais trinta luas até que Twilight possa usá-lo de novo para retornar a Equestria.

Com o encorajamento de suas amigas, Twilight atravessa o espelho. Poucos momentos depois, Spike fica ansioso e o atravessa também.

Após o cruzamento entre os dois mundos, Twilight abre os olhos, e fica surpresa ao encontrar Spike (agora transformado em um cão roxo e peludinho), pois ele não poderia ter ido junto. Eles pelo menos sabem o que Spike é, pois se veem numa situação totalmente confusa ao tentar entender no que Twilight é. Ela se tornou uma criatura totalmente estranha para eles: uma adolescente humana. Os dois se encontram fora do que parece ser um castelo, e imediatamente iniciam a busca pela coroa. No entanto, Twilight tem dificuldades em se acostumar com seu novo corpo, aprendendo a andar de pé e a se locomover sem magia.

Na verdade,o castelo era uma escola,enquanto Twilight procurava a coroa, ela encontra Sunset Shimmer falando grosseiramente com outra pessoa, porém o Twilight não sabe que ela é a Sunset Shimmer e ela não imaginava que ela era a Twilight e depois que ela fala com a menina ele revela que a menina grosseira era Sunset Shimmer e Twilight descobre que ela se chamava Fluttershy (igual a sua amiga em Ponyiville),e pergunta a ela onde está a coroa e diz que entregou a diretora Celestia (Igual a Princesa Celestia), Quando entrou na sala dela a diretora pergunta se ela se interessa em se candidatar a Princesa do Baile de Outono. Ela diz que não, e quando sai da sala da diretora, Spike a pergunta porque Twilight não pediu a coroa de volta. Ela diz que eles poderiam desconfiar de algo. Se algum deles entrasse em equestria andando em pé e usando suas mãos, os pôneis iriam os achar malucos , então ela percebe que o único jeito de recuperar sua coroa é sendo eleita a princesa do baile de outono de canterlot high. Twilight diz que era isso que ela iria fazer, e Spike a pergunta como ela iria fazer isso, e Twilight diz que não tem ideia. O sinal toca. No recreio, ela conta para Fluttershy que vai concorrer a princesa do baile de outono. Fluttershy, assustada derruba a tigela de frutas em Twilight. Ela diz que concorrer a princesa do baile de outono é uma ideia péssima, pois Sunset Shimmer queria ser a princesa do baile de outono, e que Twilight não imaginava o que ela fez com a garota que tentou concorrer com ela antes. Depois do recreio, ela procura a chefe do comitê de planejamento. Quando chega ao salão, encontra uma garota que acaba se revelando Pinkie Pie. Twilight diz a ela que era ali onde encontrava a chefe do comitê de planejamento. Pinkie Pie diz a ela que não podia deixar a timidez de Fluttershy a enganar, pois ela sabia ser bem malvada (embora Twilight não ache que isso é verdade). Twilight fica assustada por elas não serem amigas. Ela diz que é aluna nova na escola. Pinkie Pie diz que acha que ela não parecesse familiar, mas diz que olhando bem ela deduz que Twilight tem uma irmã gêmea que mora na cidade e que tem um cachorro chamado Spike (o Spike dela de verdade) e ela diz que talvez...


Enredo em Construção

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Shoichet, Shannon Chan-Kent, e Kazumi Evans interpretam as vozes cantantes de Twilight Sparkle, Pinkie Pie e Rarity, respectivamente. O filme também contém personagens de menor aparição e sem falas, que se popularizaram entre o público adulto da série, tais como Derpy Hooves e Vinyl Scratch.

Personagem CanadáEstados Unidos Voz original em Inglês Brasil Dublagem Brasileira Portugal Dobragem Portuguesa
Princesa Twilight Sparkle Tara Strong
Rebecca Shoichet (cantando)
Bianca Alencar
Mônica Toniolo (cantando)
Solange Santos
Applejack Ashleigh Ball Samira Fernandes
Mônica Toniolo (cantando)
Carla Mendes
Fluttershy Andrea Libman Priscila Ferreira
Mônica Toniolo (cantando)
????
Rainbow Dash Ashleigh Ball Silvia Suzy
Mônica Toniolo (cantando)
Sandra de Castro
Pinkie Pie Andrea Libman
Shannon Chan-Kent (cantando)
Tatiane Keplmair
Mônica Toniolo (cantando)
Ana Vieira
Rarity Tabitha St. Germain
Kazumi Evans (cantando)
Priscila Franco
Mônica Toniolo (cantando)
????
Spike Cathy Weseluck Francisco Freitas Bárbara Lourenço
Sunset Shimmer Rebecca Shoichet Fernanda Bullara Sandra de Castro
Flash Sentry Vincent Tong Caio Guarnieri ????
Princesa Cadance Britt McKillip Raquel Marinho Ana Vieira
Princesa Celestia Nicole Oliver Denise Reis Sandra de Castro
Princesa Luna Tabitha St. Germain Fátima Noya Ana Vieira
Big Mclntosh Peter New Tatá Guarnieri Quimbé
Apple Bloom Michelle Creber Isabella Guarnieri Sandra de Castro
Scootaloo Madeleine Peters Leila de Castro Bárbara Lourenço
Sweetie Belle Claire Corlett Luciana Baroli ????
Snips Lee Tockar Fábio Lucindo Sandra de Castro
Snails Richard Ian Cox Fritz Gianvitto ????
Trixie Kathleen Barr Michelle Giudice ????

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Daniel Ingram anunciou via Twitter que estava trabalhando em seis novas músicas para o filme no estilo do pop moderno. Ele também anunciou a equipe que colaborou com a trilha musical: Trevor Hoffman para arranjos vocais, David Corman e Sam Ryan para a produção, e colaborando com McCarthy para as letras.

  1. "This Strange World" - Twilight Sparkle
  2. "Equestria Girls" - Twilight Sparkle, Applejack, Fluttershy, Pinkie Pie, Rainbow Dash, e Rarity
  3. "Time to Come Together" - Twilight Sparkle, Applejack, Fluttershy, Pinkie Pie, Rainbow Dash, e Rarity
  4. "This Is Our Big Night" - Twilight Sparkle, Applejack, Fluttershy, Pinkie Pie, Rainbow Dash, e Rarity
  5. "This Is Our Big Night (Reprise)" - Twilight Sparkle, Applejack, Fluttershy, Pinkie Pie, Rainbow Dash, e Rarity
  6. "Créditos Finais: A Friend for Life" - Jerrica Santos

O compositor Will Anderson, que forneceu a trilha do filme, disse que a maior parte da música de fundo permanece consistente com o programa de televisão, embora "com elementos do rock moderno de vez em quando".

Produção[editar | editar código-fonte]

Antes do anúncio do filme, a Hasbro tinha usado o termo "Equestria Girls" como parte de uma paródia musical para anunciar o show no Hub Network ao longo de 2011, com base na música de Katy Perry "California Gurls". Embora os fãs havia registrado o domínio do nome do site "equestriagirls.com", mais tarde este fora encerrado e tomado pela Hasbro.

A especulação inicial sobre o filme foi encontrada através de registros da marca "Equestria Girls" pela Hasbro no final de 2012. O filme foi confirmado pela revista Kidscreen durante a American International Toy Fair em Fevereiro de 2013. O vice-presidente sênior da Hasbro de distribuição e desenvolvimento internacional, Finn Arnesen, disse que My Little Pony é uma "prioridade máxima" da marca para a empresa, e o filme foi descrito como "uma nova série inovadora", onde "os nossos heróis pôneis são enviados em um missão para um mundo novo onde eles tomam a forma humana." O filme foi formalmente anunciado no jornal The New York Times em Maio de 2013. Para manter a continuidade com o show, a Hasbro usou a mesma equipe de roteiristas para o filme, incluindo a supervisão de Meghan McCarthy, que considerou a história como sendo "uma extensão da nossa mitologia". O filme faz parte da comemoração do 30º aniversário da marca My Little Pony. McCarthy afirmou que com a nova marca "Equestria Girls", podemos explorar diferentes aspectos das relações que, no mundo pônei não chegaram a trabalhar o mesmo que eles fazem quando você os colocam em uma configuração de ensino médio", tornando assim o trabalho mais atraente para as meninas mais velhas que estão no ensino médio ou fundamental.

Junto com o filme, a Hasbro planeja produzir mercadorias relacionadas, incluindo brinquedos, vestuário, e acessórios. O diretor de marketing da Hasbro, John A. Frascotti, chamou o filme e a mercadoria associada de uma "grande iniciativa estratégica" para a empresa. Uma história curta especial, contando as origens de Sunset Shimmer, foi publicada no IDW My Little Pony: Friendship Is Magic 2013 San Diego Comic, em Julho de 2013. Também incluiu histórias adicionais em uma edição independente em Outubro de 2013. Atualmente, esta revista não está disponível no Brasil.

Ao escrever o roteiro do filme, Meghan McCarthy voltou para o enredo do piloto da série de televisão, onde Twilight é enviada para Ponyville pela primeira vez e é forçada a conhecer novos amigos. Ela queria fazer o mesmo com o filme, neste caso colocando Twilight em um novo mundo onde ela voltaria a ser forçada a fazer novos amigos para ter sucesso em sua missão.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

My Little Pony: Equestria Girls estreou no Los Angeles Film Festival em 15 de junho de 2013. O evento contou com participações de várias pessoas da equipe de produção e os dubladores do filme. O filme foi então apresentado em cinemas selecionados, com cerca de 200 salas de cinema em todo os Estados Unidos e Canadá, começando em 16 de junho de 2013.

No Brasil, o filme estreou diretamente na televisão através do canal Discovery Kids no dia 6 de outubro de 2013, às 10h00. Em Portugal, o filme teve sua pré-estreia em 22 de fevereiro de 2014, às 11h00, no cinema Zon Lusomundo Colombo, em Lisboa. Sua estreia oficial na televisão foi através do Canal Panda no dia 4 de março de 2014, às 16h00.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

O filme estreou no canal Hub Network em 1º de Setembro de 2013. De acordo com uma pesquisa, ele foi visto por Crianças 2-11 (+206%), Meninas 2-11 (+505%), Crianças 6-11 (+591%), Meninas 6-11 (+1056%), Adultos 18-49 (+463%), Mulheres 18-49 (+460%), Adultos 25-54 (+500%), Mulheres 25-54 (+558%), Pessoas 2+ (+289%), e Famílias (+279%). No Reino Unido, 93 mil espectadores assistiram a transmissão televisiva no canal ingês Pop, a maior audiência da semana inteira.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

My Little Pony: Equestria Girls recebeu críticas mistas da crítica especializada. Antes do lançamento do filme, várias mães afirmaram ao New York Daily News terem ficado preocupadas, informando sobre as personagens do filme, descrevendo o visual dos personagens humanizados como "muito sexy", "anoréxico", "voltando à Barbie original" ou "parecendo com bonecas Bratz", e vários temiam permitir que seus filhos sejam influenciados pela aparência. No entanto, alguns consideraram razoável com outros meios de comunicação atuais, como A Pequena Sereia, com um dos pais afirmando que não é "pior do que a Ariel em um top de biquíni por duas horas". A revista Slate's Amanda Marcotte considerou que a mudança dos personagens para a forma humana era para popularizar o filme com os fãs adultos do show, que afirma "expressarem um forte interesse em ver os pôneis em formas sensuais, humanizados". No entanto, muitos destes fãs adultos expressaram desapontamento com o anúncio do filme e com os personagens, considerando que o filme está tentando agradar a este público mais velho, e que a abordagem "vai contra tudo o que a série estava tentando provar".

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Os fãs masculinos de My Little Pony (que se consideram bronies) desaprovaram o filme, chegando a postar um vídeo no Youtube falando suas opiniões sobre as personagens. Este vídeo já conta com 1.000.000 de visualizações.
  • As músicas da trilha sonora ganharam versão em karaokê no DVD do filme lançado nos Estados Unidos. O mesmo foi no lançamento em Blu-ray.
  • Nos Estados Unidos, está sendo pensado em uma série sobre o filme, intitulada Equestria Academy, produzida pela França e prevista para ir ao ar em novembro de 2014.
  • No filme, a personagem Twilight Sparkle se apaixona por um pônei chamado Flash Sentry, que só apareceu até agora nesse filme. Porém, na internet, muitos fãs das série começaram a pedir que ele aparecesse na série, e até criaram desenhos dos dois apaixonados e juntos. Devido a isso, o personagem fez duas aparições rápidas na quarta temporada da série.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Uma sequência do filme intitulada My Little Pony Equestria Girls: Rainbow Rocks foi anunciada em meados de Fevereiro de 2014, e foi lançada em 27 de setembro de 2014 nos Estados Unidos. Será lançado no Brasil em Novembro do mesmo ano.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]