Nitroprussiato de sódio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nitroprussiato de sódio
Alerta sobre risco à saúde
Sodium-nitroprusside-sample.jpg
Sodium-nitroprusside-2D.png
Nome IUPAC Pentacianonitrosilferrato(III) de sódio
Outros nomes Nitroprussiato de sódio
Nitroferricianeto de sódio
Pentacianonitrosilferrato de sódio
SNP
Identificadores
Número CAS 14402-89-2,(anidro)
13755-38-9 (diidrato)
PubChem 26256
Número EINECS 238-373-9
DrugBank APRD01143
Número RTECS LJ8750000
Código ATC C02DD01
Propriedades
Fórmula molecular Na2[Fe(CN)5NO]
Massa molar 261.92 g/mol (anidro)
297.95 g/mol (diidrato)
Aparência Pó cristalino vermelho
Solubilidade em água 40 g/100ml
Solubilidade em etanol Ligeiramente solúvel
Estrutura
Geometria de
coordenação
Octaédrica centrada em Fe
Farmacologia
Via(s) de administração Intravenosa
Metabolismo Circulatório
Meia-vida biológica 2 minutos (metabólitos: vários dias)
Excreção Renal
Riscos na gravidez
e lactação
C
Riscos associados
Índice UE Não listada
Ponto de fulgor Não inflamável
Compostos relacionados
Compostos relacionados Ferrocianeto de sódio
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Nitroprussiato de sódio é um composto químico de fórmula Na2[Fe(CN)5NO]·2H2O. Este sal serve como fonte de óxido nítrico, que é um potente vasodilatador, tanto de veias como artérias, administrado por via intravenosa em pacientes em situação de emergência hipertensiva.

Propriedades[editar | editar código-fonte]

É sensível a luz, quebrando-se na luz solar, produzindo cianeto, que é tóxico.

Libera lentamente cianeto, que é metabolizado no fígado pela enzima rodanase junto com uma fonte de enxofre, como tiossulfato, para formar tiocianato. Pode reagir com a meta-hemoglobina. Em excesso, o cianeto rapidamente alcança níveis tóxicos. A meia-vida metabólica do nitroprussiato é de 1-2 minutos, mas o tiocianato pode demorar vários dias para ser excretado, e o tratamento não pode durar mais de 72 horas, sob monitoração constante da função renal e níveis de tiocianato no sangue.

SNP, como também é chamado, também é usado para calibração em análise de Efeito Mössbauer (fluorescência ressonante, uma técnica de análise de compostos de ferro).

Vasodilatador anti-hipertensivo não simpatolítico.

Indicações[editar | editar código-fonte]

Ele reduz a resistência periférica total e o retorno venoso, dessa maneira reduzindo tanto a pré-carga quando a pós-carga. Por esta razão, pode ser utilizado em insuficiência cardíaca cardiogênica onde a combinação dos efeitos pode atuar para aumentar a fração de ejeção cardíaca. Em situações onde a ejeção cardíaca é normal, o efeito é para reduzir a pressão sanguínea.

Apesar de sua toxicidade, o nitroprussiato continua sendo usado pois é uma das mais efetivas drogas para rápido controle de pressão sanguínea em cirurgias e alguns casos de hipertensão maligna.

O nitroprussiato é contra-indicado em pacientes com insuficiência renal.

Estudos no tratamento de esquizofrenia[editar | editar código-fonte]

Segundo reportagem veiculado pelo Jornal Correio Braziliense[1] , estudos realizados no Hospital das Clínicas, em Ribeirão Preto, São Paulo, "após mais de uma década de pesquisa, cientistas brasileiros e canadenses descobriram que o componente de um antigo remédio usado para o controle da hipertensão arterial sistêmica grave, o nitroprussiato de sódio, mostrou ser eficiente também contra as disfunções no cérebro das pessoas afetadas pela esquizofrenia." Os estudos são promissores e estão em andamento, apesar de os resultados preliminares mostrarem que os efeitos desejados são mais rápidos e os colaterais mínimos[2] .

Em sua dissertação de mestrado, o mestre em Saúde Mental, João Paulo Maia de Oliveira, "examina os efeitos do nitroprussiato de sódio, um doador de NO, como tratamento coadjuvante de pacientes com esquizofrenia"[3] .

Referências