Norman Whiteside

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Whiteside
Informações pessoais
Nome completo Norman Whiteside
Data de nasc. 7 de Maio de 1965 (48 anos)
Local de nasc. Belfast,  Reino Unido
Nacionalidade Norte-irlandês
Altura 1,83 m
Apelido The Scourge of the Scousers
,The Shankill Skinhead
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meia-atacante
Clubes de juventude
1978–1982 Manchester United
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1982–1989
1989-1991
Manchester United
Everton
206 (47)
29 (9)
Seleção nacional
1982-1989 Bandeira da Irlanda do Norte Irlanda do Norte 38 (9)

Norman Whiteside (Belfast, 7 de maio de 1965) é um ex-futebolista norte-irlandês.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ainda na sua infância, Whiteside foi descoberto por Bob Bishop, então olheiro do Manchester United, quando jogava peladas com seus amigos. Estreou com a camisa dos Red Devils na temporada 1981-82, na partida contra o Brighton & Hove Albion, batendo o recorde até então vigente de jogador mais novo a atuar no United, superando Duncan Edwards. Em 1983, sua presença foi fundamental para o United sagrar-se campeão da FA Cup e da FA Charity.

Depois que começou a jogar como centroavante, Ron Atkinson, então treinador do Manchester United, via tanto talento em Whiteside que pediu para que ele ficasse restrito à área adversária. Deslocou-o para o meio-campo e a mudança deu resultado: não só Whiteside marcava gols, como dava assistências aos companheiros.

Mesmo que continuasse fazendo sucesso no United - ganhando a FA Cup de 1985 - , Whiteside abusava da vida extra-campo, aproveitando as noites de Manchester e excedendo no álcool diversas vezes. Depois que Ron Atkinson saiu do comando dos Red Devils e Alex Ferguson assumir seu lugar, a boemia do meia-atacante não seria mais tolerada a partir daquele momento. Com isso, lesões tornariam-se uma constante para o atleta.

Farto de esperar por Whiteside, Alex Ferguson decidiu não contar com o meia-atacante em seus planos, colocando-o à venda na temporada 1988-89. O Everton se saiu vitorioso na disputa, levando o norte-irlandês para Goodison Park.

Final prematuro da carreira[editar | editar código-fonte]

No Everton, Whiteside continuaria penando com as lesões no joelho, que abreviariam sua passagem pelo time azul de Liverpool, onde disputou 29 jogos e marcando nove gols. Não conseguindo atuar regularmente, o norte-irlandês teve que se submeter a 13 cirurgias, e aconselhado pelos médicos do Everton, teve que abandonar precocemente sua carreira, aos 26 anos. Os médicos diziam que, caso Whiteside continuasse jogando, teria sérios problemas de locomoção.

Ironicamente, depois que parou de jogar, Whiteside se formou em ortopedia, e também se aventura o como apresentador de televisão.

Seleção Norte-Irlandesa[editar | editar código-fonte]

Whiteside estrearia na Seleção Norte-Irlandesa de Futebol na Copa de 1982, realizada na Espanha. Sua primeira partida foi contra a Iugosávia, e este jogo entrou para a história das Copas, uma vez que Whiteside bateria o recorde de jogador mais novo a participar de uma partida da competição, aos 17 anos e 41 dias de idade, superando nada menos que Pelé, que estreara em Copas aos 17 anos e 245 dias (outro brasileiro, Edu, foi convocado ainda mais novo que Whiteside, mas não disputou nenhuma partida da Copa de 1966).

Ainda iria para a Copa de 1986, no México, mas a Irlanda do Norte cairia na primeira fase. Até 1989, realizaria 38 partidas e marcou nove gols pela Seleção Norte-Irlandesa.

Sua última partida com a equipe foi contra a vizinha Irlanda, em outubro de 1989, válido para as Eliminatórias para a Copa de 1990, a qual os norte-irlandeses não conseguiram se classificar.

Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.