Raízen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raízen
Slogan Nossa energia gera um futuro melhor
Tipo SA
Fundação 2011
Sede Piracicaba, São Paulo e Rio de Janeiro
Áreas servidas Energia
Presidente Vasco Dias
Empregados Aproximadamente 40.000
Certificação Bonsucro
Divisões Produção de etanol e açúcar, cogeração de energia e distribuição de combustível
Acionistas Shell e Cosan
Valor
de mercado
12 bilhões de dólares[1]
Faturamento 50 bilhões por ano
Significado
da sigla
Raíz e energia
Página oficial http://www.raizen.com

Raízen é uma empresa brasileira do ramo de energia oriunda de uma joint venture entre Cosan e Shell.[2] Seu nome provém das palavras “raiz” e “energia.[3]

É uma das cinco maiores empresas brasileiras em faturamento e uma das principais distribuidoras de combustíveis. Atua na produção de açúcar e etanol, cogeração de energia e distribuição de combustível, através dos postos com a marca Shell.[4]

Joint venture[editar | editar código-fonte]

A Raízen é resultado de uma joint venture que uniu parte dos negócios da Shell e da Cosan. As unidades de produção da Cosan foram passadas para o controle da nova empresa, que também assumiu os postos da marca Shell e Esso.

No varejo, optou pela utilização da marca Shell, substituindo os postos da rede Esso, cuja licenciada era a Cosan.

A Empresa[editar | editar código-fonte]

A Raízen é responsável por uma produção de cerca de 2 bilhões de litros de etanol de cana-de-açúcar por ano, destinado ao mercado interno e externo. Além do etanol, as atuais 24 unidades de produção geram 4 milhões de toneladas de açúcar anualmente e têm 934 MW de capacidade instalada de produção de energia elétrica a partir do bagaço da cana (cogeração de energia).

Na área de combustíveis, a empresa comercializa 24 bilhões de litros para os segmentos de transporte e indústria, além de abastecer sua rede de 4.700 postos de serviço da marca Shell e 54 aeroportos.

Sete de suas unidades de produção são certificadas pela Bonsucro, uma exigência da União Europeia (UE) para exportadores de açúcar e etanol. Hoje, 20% da produção total de cana-de-açúcar e 23% de todo o etanol produzido pela Raízen possuem o selo Bonsucro.[5]

A Raízen emprega mais de 40 mil funcionários e tem escritórios administrativos em São Paulo (Capital), Piracicaba (SP) e Rio de Janeiro (capital).

Áreas de atuação[editar | editar código-fonte]

Produção de açúcar[editar | editar código-fonte]

A Raízen é a maior exportadora individual de açúcar no mercado internacional, com produção anual de cerca de 4 milhões de toneladas.

Produção de etanol[editar | editar código-fonte]

Está entre os maiores produtores de etanol de cana-de-açúcar do mundo, com um volume anual de 2 bilhões de litros.

Distribuição de combustíveis[editar | editar código-fonte]

A empresa conta com 60 terminais de distribuição e comercializa aproximadamente 24 bilhões de litros de combustível para os segmentos de transporte e indústria, além de abastecer a sua rede formada por cerca de 4.700 postos de serviço com a marca Shell. Os produtos distribuídos pela Raízen no varejo são:

  • Shell V-Power Etanol
  • Shell V-Power Gasolina
  • Shell Evolux Diesel
  • Shell Evolux Arla 32
  • Gasolina comum
  • Etanol comum

A Raízen tem ainda presença em 54 aeroportos, onde distribui o combustível para aviação comercial e executiva.

No segmento de conveniência, a rede de lojas Shell Select é destaque no mercado: são mais de 800 lojas em todo o Brasil. A oferta exclusiva de refeições, sanduíches quentes e frios, cafés especiais e sobremesas, tudo preparado na hora, garantem um ambiente agradável e aconchegante para os consumidores.

Cogeração de energia[editar | editar código-fonte]

A Raízen gera bioeletricidade a partir de um processo que aproveita os subprodutos da cana-de-açúcar (bagaço, palha e folhas). Nesse contexto, a empresa é a maior produtora de energia elétrica a partir da biomassa de cana-de-açúcar no Brasil.

Ações de marketing[editar | editar código-fonte]

Seguindo a tradição da Shell no automobilismo, a Raízen associa seu nome à Stock Car no Brasil, campeonato que patrocina desde 2012.[6] A empresa é a fornecedora oficial de combustível para todos os carros da competição, o Shell V-Power Etanol. Patrocina ainda, por meio da marca Shell, a equipe Shell Racing e o piloto Valdeno Brito.

Em maio de 2013, a empresa lançou uma campanha em parceria com o Instituto Ayrton Senna. Parte da renda arrecadada com a venda do combustível Shell V-Power, durante o período de um mês foi revertida para os projetos educacionais do Instituto. A Raízen espera repetir a ação em 2014.[7]

Ações sócio-ambientais[editar | editar código-fonte]

A empresa mantém a Fundação Raízen[8] , uma iniciativa para integrar e capacitar comunidades próximas às regiões de atuação da Raízen. São feitas parcerias com prefeituras, secretarias e instituições para oferecer cursos de pré-aprendiz e capacitação profissional a adolescentes e jovens. Também promovem ações voltadas à comunidade como um todo, como projetos teatrais, leituras, campanhas do agasalho[9] , entre outras.

Notas e referências

  1. G1. Cosan e Shell se unem e criam a Raízen. Página visitada em 15/02/2011.
  2. Raízen. Raízen – Quem Somos. Página visitada em 02/09/2013.
  3. O Globo. Raízen, joint venture de Cosan e Shell acabará com marca Esso e terá faturamento de 50 bilhões. Página visitada em 17/07/2013.
  4. Raízen. Raízen – Segmentos de atuação. Página visitada em 02/09/2013.
  5. Revista Dinheiro Rural. Raízen conquista certificação Bonsucro para sete unidades.. Página visitada em 17/07/2013.
  6. Sports Motor. Shell V-Power Etanol será o combustível da Copa Caixa Stock Car a partir da próxima temporada. Página visitada em 17/07/2013.
  7. Instituto Ayrton Senna. Parceria entre Raízen e Instituto Ayrton Senna supera expectativas e é renovada para 2014. Página visitada em 17/07/2013.
  8. Fundação Raízen. Fundação Raízen: Quem Somos. Página visitada em 04/09/2013.
  9. Folha do Sudoeste. Fundação Raízen: teatro em escola e arrecada agasalhos. Página visitada em 17/07/2013.