Rafael Paulo de Lara Araújo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Bábby
Informações pessoais
Nome completo Rafael Paulo de Lara Araújo
Data de nasc. 12 de agosto de 1980 (33 anos)
Local de nasc. Curitiba (PR),  Brasil
Altura 2,12 m
Peso 130 kg
Apelido Bábby
Informações no clube
Clube atual Brasil Mogi das Cruzes
Posição Pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)






2000–2002
2002–2004
2004–2006
2006–2007
2007–2008
2008
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2011
2012-2013
Brasil Corinthians (SP)
Brasil Bauru
Brasil São José do Rio Preto
Brasil Ypiranga
Brasil Paulistano
Brasil Corinthians (RS)
Estados Unidos Arizona Western
Estados Unidos Brigham Young University
Canadá Toronto Raptors
Estados Unidos Utah Jazz
Rússia Spartak St. Petersburg
Estados Unidos Minnesota Timberwolves
Brasil Flamengo
Brasil Paulistano
Brasil Flamengo
Brasil Franca
Brasil Mogi das Cruzes

041 (560)
Seleção nacional
Brasil Brasil


* Partidas e pontos pelo clube professional
contam apenas jogos da liga e
e estão atualizados até 16 de junho de 2009.

Rafael Paulo de Lara Araújo, mais conhecido Bábby, (Curitiba, 12 de agosto de 1980) é um jogador de basquetebol brasileiro que atua com Pivô. Atualmente, joga pelo Mogi das Cruzes Basketball Clube.Iniciou a pratica do esporte em cidade de Itapetininga-SP.

Carreira no Basquete Universitário dos EUA[editar | editar código-fonte]

Após concluir o colégio no Brasil, Bábby foi para os Estados Unidos para jogar iniciar sua carreira no basquete universitário pela Arizona Western em Yuma, Arizona. Em sua primeira temporada(2000/2001), teve média de 12,1 pontos e 8,4 rebotes por jogo. Como segundanista, aumentou sua média para 17,9 pontos e 10,7 rebotes por jogo, liderando os Arizona Western Matadors a um recorde de 28 vitórias e 3 derrotas e colocando seu time entre os 10 melhores times universitários juniores do país. Foi eleito o jogador local mais valioso e membro do Segundo Time Ideal da NJCAA.

Depois da carreira de junior college, Bábby se transferiu para a Brigham Young University em Provo, Utah, onde, no seu terceiro ano de faculdade(2002/2003) teve uma média de 12 pontos e 8,9 rebotes por jogo. No seu último ano, Bábby liderou as estatísticas da BYU com 18,4 pontos, 10,1 rebotes por jogo e total de 43 roubadas de bola e 25 tocos. Foi nomeado jogador do ano da Conferência Mountain West e membro do Segundo Time ideal da NCAA, pela Basketball Times

Em 6 de dezembro de 2003, marcou 32 pontos e pegou 17 rebotes em um jogo em casa contra Oklahoma State, no qual BYU ganhou por 76 a 71. Ele concluiu sua carreira universitária com uma derrota do seu time, os Cougars, para Syracuse, por 80 a 75, tendo ele marcado 24 pontos e conseguido 12 rebotes.

College statistics[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ MPJ 2P 3P LL RT AS BR TO PPJ
2002-03 BYU 32 25.1 .558 .273 .642 8.9 1.2 - - 12.0
2003-04 BYU 30 29.8 .573 .267 .722 10.1 1.2 - - 18.4
Carreira 62 27.4 .567 .268 .691 9.5 1.2 - - 15.1

Carreira Profissional[editar | editar código-fonte]

Bábby foi a oitava escolha do Draft de 2004 da NBA, feita pelo Toronto Raptors, tornando-se o primeiro jogador senior da faculdade draftado nesse ano. Como calouro, Bábby teve média de 3,3 pontos e 3,1 rebotes em 12,5 minutos em quadra por jogo. Sua melhor pontuação foram os 14 pontos contra o Sacramento Kings em 5 de janeiro de 2005. Dias depois, em 9 de janeiro, marcou novamente 14 pontos contra o Golden State Warriors.

Na temporada 2005/2006, teve média de 11,6 minutos, 2,3 pontos e 2,8 rebotes, tendo aproveitamento de 36,6% dos arremessos de quadra.

Em 8 de junho de 2006 foi envolvido numa troca do Toronto Raptors com Utah Jazz. Bábby foi trocado, juntamente com um valor em dinheiro, por Kris Humphries e Robert Whaley. Com os Jazz, Bábby jogou 28 partidas, teve média de 2,6 pontos, 2,4 rebotes em 8,9 minutos em quadra por jogo.

Depois da temporada 2006/2007 o contrato de calouro de Bábby terminou. Após jogar um torneio de verão com o Utah Jazz, Bábby assinou um contrato de um ano e $500,000 para jogar pelo Spartak St. Petersburg, na Rússia.

Bábby chegou a treinar no training camp do Minnesota Timberwolves para a temporada 2008/2009, mas foi dispensado antes do início da temporada regular.

Em janeiro de 2009, Bábby volta ao Brasil e assina contrato com o Flamengo para jogar a temporada 2009 do NBB pelo clube carioca. Os detalhes do contrato não foram revelados. Ele se transformou em astro, juntamente com Marcelinho Machado, do time que foi campeão do NBB 2009 e da Liga Sul-Americana do mesmo ano.

Em agosto de 2009, Bábby assina contrato com o Paulistano para jogar a temporada 2009/2010 do NBB pelo clube que o revelou.

Voltou nessa temporada de 2010 ao Flamengo. Foi anunciado em 18 de junho de 2011 como novo reforço do Franca Basquetebol Clube. Hoje defende o Mogi das Cruzes Basketball Clube.

Devido à numerologia, pediu para que mudassem o modo que escrevem seu apelido 'Baby' que agora é Bábby.

Problemas na Carreira[editar | editar código-fonte]

Durante o Campeonato Mundial de Basquetebol de 2002 em Indianapolis, Bábby foi flagrado no exame anti-doping por uso do esteróide nandrolona. Ele recebeu uma suspensão de 24 meses para jogos internacionais. Posteriormente, enquanto realizava os testes como jogador da BYU, os exames mostraram que Bábby estava limpo.

Bábby também se envolveu num problema dentro de quadra em seu quarto ano pela BYU. Em 6 de março de 2004, Bábby foi punido pela Conferência Mountain West por ter agredido (Bábby negou ter socado) o armador da UNLV Jerel Blassingame, durante uma vitória por 89 a 88. Seis dias depois, dia 12 de março, na derrota de BYU por 54 a 51, Bábby foi punido com uma falta técnica por ter dado uma cotovelada na cabeça de Andrew Bogut pelo torneio da Conferência Mountain West.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Líder da liga

Temporada regular da NBA[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ 2P 3P LL RT AS BR TO PPJ
2004-05 Toronto Raptors 59 41 12.5 .434 .333 .782 3.1 .3 .4 .1 3.3
2005-06 Toronto Raptors 52 34 11.6 .366 .000 .536 2.8 .3 .5 .1 2.3
2006-07 Utah Jazz 28 0 8.9 .415 .000 .621 2.4 .4 .2 .1 2.6
Carreira 139 75 11.4 .405 .250 .679 2.8 .3 .4 .1 2.8

Temporada regular da NBA[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ 2P 3P LL RT AS BR TO PPJ
2007 Utah Jazz 5 0 5.6 .375 .000 .417 2.2 .2 .2 .0 2.2
Carreira 5 0 5.6 .375 .000 .417 2.2 .2 .2 .0 2.2

Temporada regular da NBB[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ MPJ 2P 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008-09 Flamengo 25 22.4 .645 .000 .716 6.2 .9 .5 .4 14.1
2009-10 Paulistano 16 26.1 .522 .500 .607 7.5 .6 .6 .4 14.3
2010-11 Flamengo 23 33.4 .580 .000 .792 3.3 3.8 1.2 .1 12.7
2011-12 Franca 6 21.3 .436 .000 .778 4.7 1.5 .5 .2 6.8
2012-13 Mogi das Cruzes 33 28.1 .491 .235 .833 8.7 1.2 .8 .3 17.6
2013-14 Mogi das Cruzes 9 15.0 .472 .000 .867 4.1 .7 .1 .1 6.7
Carreira 110 22.5 .534 .122 .753 6.2 .9 .5 .2 12.8
All-Star 3 - - - - - - - - -

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Ícone de esboço Este artigo sobre basquetebol é um esboço relacionado ao Projeto Basquetebol. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.