Marcelo Huertas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcelinho Huertas
Real Madrid-FC Barcelona mayo 2013CropedmarcelinhoP1070766.jpg
Informações pessoais
Nome completo Marcelo Tieppo Huertas
Data de nasc. 25 de maio de 1983 (31 anos)
Local de nasc. Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, São Paulo SP,  Brasil
Altura 1,90m
Peso 79Kg
Informações no clube
Clube atual FC Barcelona
Número 9
Posição Armador
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2001-2002
2002-2003
2003-2004
2004-2007
2007-2008
2008-2009
2009-2011
2011-presente
Brasil FMU São Paulo
Brasil Pinheiros
Brasil FMU São Paulo
Espanha DKV Joventud
Espanha Bilbao Basket
Itália Fortitudo Bologna
Espanha Saski Baskonia
Espanha FC Barcelona

032 0(514)
028 0(488)
121 0(794)
036 0(523)
029 0(301)
075 0(697)
133 (1149)
Medalhas
Competidor do  Brasil
Copa América de Basquetebol Masculino
Ouro Santo Domingo 2005 Brasil Seleção Brasileira
Ouro San Juan 2009 Brasil Seleção Brasileira
Prata Mar del Plata 2011 Brasil Seleção Brasileira
Jogos Pan-Americanos
Ouro Rio de Janeiro 2007 Brasil Seleção Brasileira
Sul-Americano
Ouro Caracas 2006 Brasil Seleção Brasileira

Marcelo Tieppo Huertas[1] (São Paulo, 25 de maio de 1983), ou Marcelinho Huertas, é um jogador de basquete brasileiro que atua pelo FC Barcelona[2] , equipe da cidade de Barcelona, na Catalunha, Espanha.

Huertas, que joga como armador, faz parte da Seleção Brasileira de Basquetebol, já tendo disputado, entre outros, o Campeonato Sul-Americano Adulto (do qual foi campeão, na Venezuela, em 2006), os Jogos Pan-Americanos (nos quais conquistou a medalha de ouro, no Rio de Janeiro em 2007) e a Copa América de Basquetebol de 2009 (da qual também foi campeão).

Juventude[editar | editar código-fonte]

Quando jovem, Huertas atuou no basquete colegial dos Estados Unidos[3] , no Texas, mas acabou voltando ao Brasil. Se destacou primordialmente no basquete da capital paulista, tendo sido um dos melhores jogadores já criados pelo Paulistano. Seu talento foi reconhecido ainda cedo pelo lendário treinador sérvio Željko Obradović quando, em clínica em São Paulo, viu o armador em ação e vaticinou: "Esse menino já está pronto[4] ". Jogando Com o Paulistano, Huertas foi vice-campeão Paulista em 1999 na categoria juvenil[5] , em 2000 foi novamente vice-campeão Paulista, porém na categoria infanto-juvenil[6] e em 2001 foi campeão distrital pelo Coppel High School[7] . Em seu retorno ao Brasil, Huertas debutou na categoria adulto no Paulistano sendo vice-campeão da Supercopa Brasil CBB , do Torneio Inicio de Campeonato Paulista e campeão da Copa Sul CBB[8] .

Carreira em Clubes da Europa[editar | editar código-fonte]

Sua primeira equipe na Europa foi o DKV Joventut[9] , onde atuou com Ricky Rubio. Marcelinho Huertas é amigo de Ricky Rubio desde que o prodígio espanhol tem 12 anos de idade[10] .

Curiosamente, Marcelinho Huertas deixou o time de Badalona para dar espaço para Ricky Rubio, em 2007. Segundo o treinador da equipe na época, Aíto García Reneses, a transferência foi motivada por motivos táticos e de planejamento a longo prazo[11] . Desta maneira, Huertas rumou para o Iurbentia Bilbao, equipe também espanhola. Nesta equipe, em 2008, Huertas foi eleito o melhor armador da Liga ACB[12] , fazendo parte do "dream team" da liga juntamente com os jogadores Ricky Rubio, Rudy Fernández, Felipe Reyes e Marc Gasol[13] . Em Bilbao, Marcelinho conquistou grande popularidade dos fãs locais, que em sua despedida gritavam uníssono "Marce, quédate!" (Marce, fique!)[14]

Seu bom rendimento no Bilbao, colocando pela primeira vez a equipe ns playoffs da Liga ACB, chamou atenção dos dirigentes do Fortitudo Bologna[15] , que na época tinha projetos de ter uma equipe competitiva e construir a maior arena da Itália[16] , assinando um contrato válido por 2 anos com a possibilidade de renovação por mais um ano[17] , na época, Marcelinho Huertas declarou:

"Trata-se de um novo desafio na minha carreira, o basquete italiano é extremamente forte e conta com um campeonato que está entre os maiores do cenário mundial, por isso estou com uma excelente expectativa"

O Fortitudo Bologna que antes da chegada de Marcelinho Huertas havia conseguido a 8ª colocação na Lega Série A[18] e uma campanha mediana que não trouxe a classificação para a segunda fase da Uleb Cup 2007-2008[19] , a equipe fez uma temporada 2008/2009 ainda pior quando repetiu a pífia participação na Eurocup 2008-2009[20] e na Lega Série A foi rebaixado para a segunda divisão italiana[21] . Desta forma Huertas assinou um contrato de 3 anos com o Caja Laboral[22] equipe na qual atuava seu amigo e companheiro de Seleção Brasileira Tiago Splitter[23] . Sobre o Caja Laboral, Huertas declarou:

"Este é um desafio grande na minha carreira, pois o Caja Laboral luta sempre para estar na ponta, não só na Espanha, como também na Europa, e sei que a responsabilidade de mantê-lo na disputa de títulos é enorme. O objetivo jogando neste time é diferente do que eu tive nas anteriores, mas estou preparado para desempenhar a minha função e colaborar ao máximo com os novos companheiros"

Na equipe basca Huertas foi campeão da Liga ACB na temporada 2009/2010.

Em 9 de agosto de 2011 Huertas assinou contrato de 4 anos com o FC Barcelona após longos meses entre Caja Laboral e FC Barcelona num contrato que especula-se que haja uma multa rescisória de 1,8 Milhão de Euros[24] , realizando um sonho e substituindo o antigo amigo Ricky Rubio que foi jogar na liga Americana.[25]

Carreira na Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Huertas debutou na equipe adulta do Brasil na Copa América de Santo Domingo 2005, sendo campeão com atletas que hoje são a espinha dorsal da Seleção Brasileira (Marcelinho Machado, Tiago Splitter, Anderson Varejão, Leandrinho Barbosa, etc). Em 2006 no Campeonato Mundial no Japão 2006, Huertas estreou em Mundiais na pior participação da Seleção Brasileira nesta competição alcançando apenas a 17ª posição sendo eliminado na primeira fase[26] . Em 2007 disputando a Copa América em Las Vegas alcançou apenas a 4ª colocação num torneio que contou com as equipe dos Estados Unidos e da Argentina com nomes consagrados na NBA. O Resultado alcançado permitiu que a Seleção Brasileira disputasse em 2008 apenas o Qualificatório Mundial das Olimpíadas onde enfrentou Líbano, Grécia e Alemanha, sem êxito, a Seleção completou 12 anos sem disputar os Jogos Olímpicos.

Disputando a Copa América de 2009 em San Juan, Porto Rico, Huertas e a Seleção desbancaram o time da casa por um ponto com o ginásio completamente lotado[27] e alcançaram a classificação para o Mundial na Turquia em 2010 e consagrou-se campeão da competição.

O Mundial da Turquia em 2010 ficou marcado como a estréia do técnico argentino Rubén Magnano comandando a Seleção e o amadurecimento da geração de Huertas, Varejão, Leandrinho e Splitter. Depois de boa campanha na primeira fase, foram novamente surpreendidos pela Argentina nas oitavas de final e ficaram na 9ª posição[28] .

Disputando a Copa América em Mar del Plata de 2011, Huertas e uma seleção que contava apenas com Tiago Splitter como jogador da NBA ficaram com o vice-campeonato e a histórica classificação para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012 após 16 anos sem disputar a competição.

A retomada do basquetebol brasileiro contou com Huertas capitaneando a equipe nacional nos Jogos Olímpicos de 2012 e no Mundial da Espanha em 2014 com o 5º e 6º lugares respectivamente.


Conquistas[editar | editar código-fonte]

DKV Joventut Badalona[editar | editar código-fonte]

Caja Laboral[editar | editar código-fonte]

FC Barcelona[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Estatísticas da Carreira[editar | editar código-fonte]

Acumulado em Clubes[editar | editar código-fonte]

Temporada Equipe PJ Pts Avg 2P
M-A
2P
%
3P
M-A
3P
%
LL LL
%
Reb ST As BL
2002-03 E C Pinheiros 32 514 16.1 118/243 48,6 58/164 35,4 104/140 74,3 91 61 112 3
2003-04 FMU São Paulo 28 488 17,4 140/232 60,3 36/105 34,3 100/122 82 101 36 168 3
2004-05 DKV Joventut 38 270 7,1 82/165 49,7 18/61 29,5 52/70 74,3 53 29 84 1
2005-06 DKV Joventut 39 285 7,3 77/162 47,5 27/65 41,5 50/58 86,2 46 37 84 0
2006-07 DKV Joventut 44 239 5,4 61/143 42,7 29/92 31,5 30/33 90,9 44 23 75 1
2007-08 Bilbao Basket 36 523 14,5 152/295 51,5 22/101 22,8 150/175 85,7 96 60 146 0
2008-09 Fortitudo Bologna 29 301 10,4 99/178 55,6 16/66 24,2 55/66 83,3 79 34 73 1
2009-10 Caja Laboral 36 309 8,6 74/150 49,3 31/68 45,6 68/82 82,9 112 46 178 1
2010-11 Caja Laboral 39 388 9,9 106/201 52,7 38/88 43,2 62/71 87,3 112 29 232 0
2011-12 FC Barcelona 45 372 8,3 72/137 52,6 59/147 40,1 51/59 86,4 112 43 143 2
2012-13 FC Barcelona 45 394 8,8 88/186 47,3 51/131 38,9 65/77 84,4 94 41 155 1
2013-14 FC Barcelona 43 383 8,9 110/189 58,2 39/120 32,5 46/49 93,9 99 30 191 1

Estatísticas na EuroCup[editar | editar código-fonte]

Temporada Equipe PJ Pts Avg 2P
M-A
2P
%
3P
M-A
3P
%
LL LL
%
Reb ST As BL
2004-05 DKV Joventut 12 70 5,8 19/42 45,2 8/20 40 8/11 72,7 11 13 27 1
2008-09 Fortitudo Bologna 6 52 8,7 14/25 56 5/11 45,5 9/10 90 15 10 16 0
Total 18 122 6,8 33/67 49,3 13/31 41,9 17/21 81 26 23 43 1

Estatísticas na Euroliga[editar | editar código-fonte]

Temporada Equipe PJ Pts Avg 2P
M-A
2P
%
3P
M-A
3P
%
LL LL
%
Reb ST As BL
2006-07 DKV Joventut 20 106 5,3 35/76 46,1 5/30 16,7 21/24 87,5 29 17 27 0
2009-10 Caja Laboral 16 133 8,3 43/71 60,6 8/26 30,8 23/27 85,2 29 10 62 0
2010-11 Caja Laboral 20 206 10,3 46/98 46,9 23/52 44,2 45/52 86,5 61 15 111 1
2011-12 FC Barcelona 21 179 8,5 39/70 55,7 25/57 43,9 26/30 86,7 43 20 92 0
2012-13 FC Barcelona 31 248 8 54/113 47,8 35/101 34,7 35/36 97,2 68 19 104 1
2013-14 FC Barcelona 29 239 8,2 67/113 59,3 25/74 33,8 30/37 81,1 59 11 109 1
Total 137 1111 8,1 284/541 52,5 121/340 35,6 180/206 87,4 289 92 505 3

Estatísticas jogando pela Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Competição/Ano Cl PJ Min 2P
M-A
2P
%
3P
M-A
3P
%
LL LL
%
Reb As ST Pts
Copa América em Santo Domingo 2005 8 77 8/18 44,4 2/6 33,3 2/4 50 10 5 2 24
Sul-Americano em Caracas 2006 4 138 18/45 40 12/30 40 25/32 78,1 6 16 11 67
Campeonato Mundial no Japão 2006 17º 5 79 7/22 31,8 7/19 36,8 5/7 71,4 8 9 8 19
Copa Tuto Marchand - San Juan 2007 (1) 3 40 1/4 25 1/3 33,3 2/4 50 1 4 0 7
Jogos Pan-Americanos Rio 2007 5 n/d n/d n/d n/d n/d n/d n/d n/d n/d n/d 35
Copa América em Las Vegas 2007 9 97 7/12 58,3 4/8 50 0/0 0 12 13 4 26
Torneio Qualificatório para Torneio Olímpico 2008 (2) 3 82 11/15 73,3 2/12 16,7 12/13 92,3 5 7 2 40
Copa Tuto Marchand - San Juan 2009 (1) 3 73 4/9 44,4 1/2 50 1/2 50 7 11 4 12
Copa América em San Juan 2009 10 313 28/56 50 4/17 23,5 10/14 71,4 45 49 14 78
Campeonato Mundial na Turquia 2010 6 183 13/25 52 8/17 47,1 17/20 85 10 35 4 67
Copa Tuto Marchand - Foz do Iguaçu 2011 (1) 3 72 10/18 55,6 3/3 100 2/4 50 10 13 6 31
Copa América em Mar del Plata 2011 10 293 39/63 57,1 39/63 61,9 11/14 78,6 26 50 11 116
Olimpíadas de Londres 2012 6 156 20/42 47,6 5/19 26,3 13/17 76,5 13 36 2 68
Copa Tuto Marchand - San Juan 2013 (1) 4 93 10/21 47,6 7/14 50 3/4 75 12 17 1 44
Copa América em Caracas 2013 4 104 13/32 40,6 0/6 0 8/12 66,7 10 26 2 34
Campeonato Mundial na Espanha 2014 7 143 15/28 53,6 3/9 33,3 9/11 81,8 16 27 3 48
1:Torneio Amistoso.
2:Não alcançou classificação para os Jogos Olímpicos de Beijing 2008

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Perfil de Marcelinho Huertas acb.com (espanhol) 2311/2014
  2. Elenco FC Barcelona no site da Euroliga euroleague.net (inglês) 23/11/2014
  3. Perfil de Marcelinho Huertas citando sua passagem pelo basquete colegial norte-americano draftexpress.com (inglês) 23/11/2014
  4. Capitão, Huertas vira protagonista da seleção e conselheiro dos jovens globoesporte.globo.com 21/07/2013
  5. vice-campeão paulista categoria juvenil marcelinhohuertas.com.br 24/11/2014
  6. vice-campeão infanto-juvenil paulista marcelinhohuertas.com.br 24/11/2014
  7. campeão distrital - Texas marcelinhohuertas.com.br
  8. 8º Copa Brasil Sul Classificação cbb.com.br 24/11/2014
  9. Perfil de Marcelinho Huertas no site da Liga Espanhola acb.com (espanhol) 23/11/2014
  10. Fã de Nash e Kidd, Huertas vê Heat como favorito ao título da NBA terra.com.br 9/11/2012
  11. http://basketeria.com.br/entrevistas/item/2685-entrevistaaito.html#
  12. Marcelinho Huertas y Ricky Rubio inauguran el Quinteto Ideal ACB 07-08 acb.com (espanhol) 24/11/2014
  13. Quinteto Ideal 2007-08: Ricky Rubio, Huertas, Rudy, Marc Gasol y F.Reyes acb.com (espanhol) 24/11/2014
  14. Torcida do Iurbentia Bilbao pede a permanência de Marcelinho Huertas clicrbs.com.br 24/11/2014
  15. Marcelinho Huertas acerta ida para o basquete italiano estadao.com.br 24/07/2008
  16. MARCELO HUERTAS ACERTA COM FORTITUDO BOLOGNA DA ITÁLIA cbb.com.br 24/11/2014
  17. Marcelinho Huertas troca Espanha por Itália terra.com.br 24/11/2014
  18. Classificação da Liga Italiana com o Upim Bologna ocupando a 8ª colocação final legabasket.it (em italiano)
  19. Resultados primeira fase da Temporada Regular da Uleb Cup (Grupo F ver Beghelli Bologna eurocupbasketball.com (inglês)
  20. Classificação da Temporada Regular da EuroCup 2008/09 vide Grupo G Fortitudo Bologna eurocupbasketball.com (inglês)
  21. Classificação Final da Liga Italiana mostrando o GMAC Bologna na 15ª posição legabasket.it (em italiano)
  22. HUERTAS VIAJA PARA SE APRESENTAR AO CAJA LABORAL databasket.com.br 9/9/2009
  23. Marcelinho Huertas, el piloto del Caja Laboral acb.com (espanhol) Dezembro de 2012
  24. Armador Marcelinho Huertas assina contrato com Barcelona por 4 temporadas espn.uol.com.br 09/08/2011
  25. Melhor armador da Espanha, Huertas fecha com Barcelona por quatro anos globoesporte.globo.com 09/08/2011
  26. Perfil da Equipe Brasileira no Mundial de 2006 archive.fiba.com (inglês) 26/11/2014
  27. Porto Rico 60 x 61 Brasil final da Copa América 2009 archive.fiba.com (inglês)
  28. Perfil da Seleção Brasileira no Mundial de 2010 archive.fiba.com
  29. (espanhol) ACB.com: Official Voting Results.acb.com
  30. ACB.com Marcelinho Huertas, mejor base ACB 2010–2011. (em espanhol)
Basketball pictogram.svg Este artigo sobre um(a) basquetebolista, integrado ao Projeto Basquetebol, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.