Reasonable Doubt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Reasonable Doubt
Álbum de estúdio de Jay-Z
Lançamento 25 de junho de 1996
Gravação 1995-1996
(D&D Studios), New York
Gênero(s) Hip hop
Duração 55:28
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, CS, LP
Gravadora(s) Roc-A-Fella (EUA)
Northwestside (Europa)
Priority (distribuição)
Produção Big Jaz, Clark Kent, Dahoud Darien, Damon Dash, DJ Irv, DJ Premier, Knobody, Peter Panic, Sean Cane, Ski
Certificação Platinum.png Platina (RIAA)
Cronologia de Jay-Z
Último
Último
In My Lifetime, Vol. 1
(1997)
Próximo
Próximo
Singles de Reasonable Doubt
  1. "Dead Presidents"
    Lançamento: 20 de Fevereiro de 1996
  2. "Ain't No Nigga"
    Lançamento: 26 de Março de 1996
  3. "Can't Knock the Hustle"
    Lançamento: 27 de Agosto de 1996
  4. "Feelin' It"
    Lançamento: 15 de Abril de 1997
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg[1]
Billboard (favorable)[2]
Robert Christgau (1-star Honorable Mention)
Entertainment Weekly (B+)[3]
IGN (7.8/10)[4]
Los Angeles Daily News 3 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svg[5]
Rolling Stone 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg[6]
The Source 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg 1996[7]
The Source 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg 2002[8]
XXL 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg (XXL)[9]

Reasonable Doubt é o álbum de estreia do rapper estadunidense Jay-Z, lançado em 25 de junho de 1996 nos Estados Unidos pela Roc-A-Fella Records e pela Northwestside Records no Reino Unido. O álbum apresenta produção de DJ Premier, Ski, Knobody e Clark Kent, e tem a participação especial de cantores como Memphis Bleek, Mary J. Blige, e The Notorious B.I.G., entre outros. Similar ao Only Built 4 Cuban Linx... (1995) de Raekwon, Reasonable Doubt incorpora um tema de mafioso, enquanto também integra tópicos como traição e reminiscência.

O álbum estreou na 23ª posição da Billboard 200, onde ficou nas paradas por 18 semanas. Foi promovido com quatro singles, incluindo o sucesso na Hot 100 "Ain't No Nigga" e "Can't Knock the Hustle". Reasonable Doubt recebeu a certificação de platina pela RIAA em 2002,[10] e vendeu 1.5 milhões de cópias até 2006 nos Estados Unidos.[11]

Bem recebido pelos críticos desde seu lançamento, o álbum tem sido desde então considerado por escritores de música como a "coroação" de Jay-Z, "um trabalho seminal",[12] e um "clássico indiscutível".[13] [14] Aparece em várias listas de melhores álbuns de publicações de música, incluindo a revista The Source,[15] Blender,[16] e a revista Rolling Stone, que o elegeou o 248º na sua lista dos 500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos.

Faixas[editar | editar código-fonte]

# Canção Produtor(es) Samples[17] Duração
1 "Can't Knock the Hustle" (feat. Mary J. Blige) Knobody, The Hitmen 5:17
2 "Politics as Usual" Ski 3:41
3 "Brooklyn's Finest" (feat. The Notorious B.I.G.) Clark Kent 4:36
4 "Dead Presidents II" Ski 4:27
5 "Feelin' It" (feat. Mecca) Ski 3:48
6 "D'Evils" DJ Premier 3:31
7 "22 Two's" Ski 3:29
8 "Can I Live" Irv Gotti 4:10
9 "Ain't No Nigga" (feat. Foxy Brown) Big Jaz
  • "Seven Minutes of Funk" por The Whole Darn Family
  • "Ain't No Woman (Like the One I Got)" por The Four Tops
4:03
10 "Friend or Foe" DJ Premier
  • "Hey What's That You Say" por Brother to Brother
1:49
11 "Coming of Age" (feat. Memphis Bleek) Clark Kent
  • "Inside You" por Eddie Henderson
3:59
12 "Cashmere Thoughts" Clark Kent 2:56
13 "Bring It On" (feat. Big Jaz & Sauce Money) DJ Premier 5:01
14 "Regrets" Peter Panic 4:34
15* "Can I Live II" (feat. Memphis Bleek) K-Rob
  • "Mother's Day" por 24 Carat Black
3:57
16* "Can't Knock the Hustle" (Fool's Paradise Remix) Irv Gotti 4:45
  • (*) material bônus

Créditos[editar | editar código-fonte]

Histórico nas paradas[editar | editar código-fonte]

Álbum
Parada (1996) Melhor
posição
U.S. Billboard 200 23
U.S. Top R&B/Hip Hop Albums 3
Singles
Canção Parada (1996) Melhor
posição
"Ain't No Nigga" U.S. Billboard Hot 100 50
U.S. Hot R&B/Hip-Hop Songs 17
UK Singles Chart 31
"Can't Knock the Hustle" U.S. Billboard Hot 100 73
U.S. Hot R&B/Hip-Hop Songs 35
UK Singles Chart 30
Song Chart (1997) Peak
position
"Can't Knock the Hustle" New Zealand Singles Chart 26
"Feelin' It" U.S. Billboard Hot 100 79
U.S. Hot R&B/Hip-Hop Songs 46

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Huey, Steve. Review: Reasonable Doubt. Allmusic. Retrieved on 2009-09-06.
  2. Columnist. "Review: Reasonable Doubt". Billboard: 56. July 20, 1996.
  3. Ehrlich, Dimitri. Review: Reasonable Doubt. Entertainment Weekly. Retrieved on 2009-09-06.
  4. D., Spence. Review: Reasonable Doubt. IGN. Retrieved on 2009-09-06.
  5. Pendleton, Tonya. "Review: Reasonable Doubt". Los Angeles Daily News: July 26, 1996.
  6. The New Rolling Stone Album Guide (November 2, 2004). Jay-Z: Album Guide | Rolling Stone Music. Rolling Stone. Fireside. Retrieved on 2011-05-02.
  7. Braxton, Charlie. "Review: Reasonable Doubt". The Source: 95. August 1996. Archived from the original on 2009-09-06.
  8. Kazeem (August 4, 2010). The Complete List Of 5 Mic Hip-Hop Classics. The Source. Retrieved on 2010-12-23.
  9. Columnist. "Retrospective: XXL Albums". XXL: December 2007.
  10. RIAA Platinum and Gold Searchable Database Recording Industry Association of America. Visitado em July 22, 2007.
  11. Trust, Gary. "Ask Billboard: Steve Vai, Jay-Z, Radiohead", 'Billboard', 2009-08-07. Página visitada em 2009-08-08.
  12. Lewis, Miles (2006-11-27). Hova's Slight Return The Village Voice. Visitado em 2008-02-09.
  13. Birchmeier, Jason. Jay-Z Biography Allmusic. Visitado em July 22, 2007.
  14. Thompson, Bonsu (2006-06-23). Jay-Z: Cocaina XXL Magazine. Visitado em 2007-06-22.
  15. 100 Best Rap Albums The Source (January 1998). Visitado em 2007-06-21.
  16. Acclaimed Music: Jay-Z Acclaimed Music. Visitado em July 21, 2007.
  17. Rap Sample FAQ Search: Jay-Z The-Breaks.com. Visitado em 2008-02-09.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]