Recreio (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Recreio
Bandeira de Recreio
Brasão de Recreio
Bandeira Brasão
Hino
Fundação Não disponível
Emancipação 17 de dezembro de 1938
Gentílico recreiense
Prefeito(a) Onio Fialho Miranda (PTB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Recreio
Localização de Recreio em Minas Gerais
Recreio está localizado em: Brasil
Recreio
Localização de Recreio no Brasil
21° 31' 30" S 42° 28' 08" O21° 31' 30" S 42° 28' 08" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008[1]
Microrregião Cataguases IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Laranjal, Santo Antônio de Pádua (Rio de Janeiro), Leopoldina, Pirapetinga e Palma.
Distância até a capital 353 km
Características geográficas
Área 234,240 km² [2]
População 10 299 (CENSO 2 010) hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade Erro de expressão: Operador ( inesperado hab./km²
Altitude 797 (máx)/ 149 (mín) m
Clima Quente Tropical RCO
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,746 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 54 950,954 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 226,46 IBGE/2008[5]
Página oficial

Recreio é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população era de 10.299 habitantes, segundo o censo de 2010(IBGE). É um município calmo e acolhedor que oferece muitas opções de turismo, lazer e descanso. O ponto turístico mais frequentado é a cachoeira dos monos.

História[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1870, o traçado da estrada de ferro Leopoldina foi alterado, deslocando-se em direção à fazenda do Mato Dentro, sendo que, por volta de 1876, foi inaugurada oficialmente a estação local. Nas adjacências da estação foi erguida a capela do Menino Deus de Recreio e ali desenvolveu-se o povoado, elevado a distrito em 1890. Desmembrado de leopoldina, Recreio emancipou-se em 1938 (Decreto-Lei nº 148 de 17 de dezembro de 1938).

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Na Zona da Mata de Minas Gerais, Microrregião Mata de Cataguases, limitando-se com o Estado do Rio de Janeiro, o município possui uma extensão territorial de 246 quilômetros quadrados. O município dista da capital do estado a 322 quilômetros.

A região integra o Domínio dos Planaltos Cristalinos Rebaixados, na depressão que liga a Mantiqueira ao Vale do Paraíba do Sul.

É banhado pelo Ribeirão dos Monos, afluente do Rio Pomba[6] .

Pontos Extremos[editar | editar código-fonte]

Extremo Norte: Rio Pomba; Extremo Sul: Área de Várzeas Agropecuárias; Extremo Leste: Serra Pedra Bonita; Extremo Oeste: Serra das Virgens.

Distritos[editar | editar código-fonte]

O município é formado por três distritos[7] :

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Canto da Fábrica
  • Santa Maria de Fátima
  • Canto dos Ferreira
  • Mandioca
  • Planalto
  • Centro
  • Caxias
  • Sebastião Dadu Arruda
  • Horto
  • Cohab
  • Alto do asilo
  • Hermes machado
  • Grotinha

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Grande produtor de leite, atividade básica de sua economia, além de indústrias de cerâmica, de transformação e beneficiamento, de arroz.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A Cachoeira dos Monos, atrai visitantes pela limpidez de suas águas e pela variedade da flora e da sua fauna. A Exposição Agropecuária e Industrial, realizada há 29 anos no mês de julho, é considerada um dos maiores acontecimentos turísticos da região. Integrante da área do "Domínio Tropical Atlântico de Mares de Morro". O município, quando sobrevoado, assemelha-se a uma ilha, cercada de ondulações esverdeadas.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Carta do Brasil SF-23-X-D-VI-1 Recreio (JPG). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 18 de janeiro de 2011.
  7. Recreio - MG (PDF). Enciclopédia dos municípios brasileiros. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2007). Página visitada em 11 de janeiro de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]