Regimento de Engenharia n.º 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Regimento de Engenharia n.º 1
Regimento de Engenharia 1.png
País  Portugal
Corporação Exército Português
Subordinação Comando Forças Terrestres
Missão Engenharia Militar e Cooperação Civil-Militar
Sigla RE1
Criação 1812 (Batalhão de Artífices Engenheiros)
Aniversários 12 de Janeiro
Lema São os primeiros
História
Guerras/batalhas Primeira Guerra Mundial
Condecorações Comendador da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito‎
Três Cruzes de Guerra de 1.ª Classe
Membro Honorário da Ordem Militar de Avis[1]
Membro Honorário da Ordem da Liberdade[1]
Medalha de Honra Lealdade e Mérito Desportivo
Comando
Comandante Coronel de Engenharia João Manuel Pires
Sede
Sede Lisboa
Quartel Pontinha - Odivelas
Morada Estrada da Pontinha
Internet Sítio oficial

O Regimento de Engenharia n.º 1 (RE1) MHAMHL é um orgão da Componente Fixa do Sistema de Forças do Exército Português, responsável pela organização, treino e manutenção das tropas de construção de edifícios e infraestruturas. Atualmente, o RE1 mantém como unidade operacional o Batalhão de Engenharia de Construções, unidade de apoio geral da Força Operacional Permanente do Exército. O regimento encontra-se instalado desde 1901 no Quartel da Pontinha em Lisboa.

Historial[editar | editar código-fonte]

O RE1 é a mais antiga unidade de engenharia do Exército Português tendo sido criado em 1812 com o objectivo de dotar o Real Corpo de Engenheiros com uma unidade de tropas especializadas. Até à criação da unidade o Corpo de Engenheiros usava como mão de obra tropas de unidades não especializadas, que agiam sob orientação dos engenheiros militares. Ao longo da sua história, a unidade teve as seguintes denominações e localizações:

1812 - Batalhão de Artífices Engenheiros, em Lisboa;
1834 - Batalhão de Sapadores, em Lisboa;
1849 - Batalhão de Sapadores, em Abrantes;
1849 - Batalhão de Engenheiros, em Abrantes;
1869 - Batalhão de Engenharia, em Abrantes;
1884 - Regimento de Engenharia, em Tancos;
1911 - 1º Batalhão de Sapadores Mineiros, em Lisboa
1911 - Batalhão de Sapadores Mineiros, em Lisboa
1926 - Regimento de Sapadores Mineiros n.º 1, em Lisboa;
1927 - 1º Batalhão do Regimento de Sapadores Mineiros, em Lisboa;
1940 - Regimento de Engenharia n.º 2, em Lisboa;
1947 - Regimento de Engenharia n.º 1, em Lisboa.

Desde 1974, altura em que absorveu o Batalhão de Sapadores dos Caminhos de Ferro, que o RE1 é também o herdeiro das tropas de caminhos de ferro do Exército Português, cuja unidade criada em 1884, teve as seguintes denominações:

1884 - Companhia de Caminhos de Ferro do Regimento de Engenharia;
1911 - Grupo de Companhias de Caminhos de Ferro;
1917 - Batalhão de Sapadores de Caminhos de Ferro do Corpo Expedicionário Português (em França);
1919 - Batalhão de Sapadores dos Caminhos de Ferro;
1926 - Regimento de Sapadores dos Caminhos de Ferro;
1937 - Batalhão de Sapadores dos Caminhos de Ferro.

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2014-05-30. "Resultado da busca de "Regimento de Engenharia 1"."


Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.