Riacho do Ipiranga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Riacho do Ipiranga
Trecho do Riacho do Ipiranga, no sítio histórico onde foi proclamada a independência do Brasil
Comprimento 9 km
Nascente Jardim Botânico de São Paulo
Foz Rio Tamanduateí
País(es)  Brasil

O Riacho do Ipiranga é o nome de um córrego localizado na cidade de São Paulo, no Brasil. Dá o seu nome ao bairro onde se situa. Foi às margens deste 'rio' que foi simbolicamente declarada a Independência do Brasil pelo então príncipe e herdeiro do trono de Portugal, dom Pedro, em 7 de setembro de 1822. Com esse ato, o príncipe se converteu no primeiro imperador brasileiro, futuramente denominado dom Pedro I.

As nascentes do Ipiranga encontram-se no Jardim Botânico de São Paulo, localizado no Parque Estadual Fontes do Ipiranga, reserva natural de mata atlântica encravada em plena zona sul da cidade. No entanto, como todos os demais rios metropolitanos, atualmente, o córrego sofre com a poluição, por receber altas quantidades de dejetos industriais e domésticos ao longo de seu trajeto de cerca de 9 km até desaguar na margem esquerda do Rio Tamanduateí.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Ipiranga" é uma palavra de origem tupi que significa "rio vermelho", através da junção dos termos 'y (rio) e pirang (vermelho)1 .2

Referências

  1. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2013. p. 42.
  2. http://www.filologia.org.br/viicnlf/anais/caderno03-02.html Navarro, E. A.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.