Richard Basehart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Basehart
Richard Basehart (à esquerda) com Terry Becker, em episódio de 1968 de Viagem ao Fundo do Mar
Nome completo John Richard Basehart
Nascimento 31 de Agosto de 1914
Zanesville, Bandeira de Ohio Ohio, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Morte 17 de Setembro de 1984 (70 anos)
Bandeira Municipal da Cidade de Los Angeles Los Angeles - Califórnia, Estados Unidos
Ocupação Ator
Cônjuge Stephanie Klein (1940-1950) (faleceu),
Valentina Cortese (1951-1960) (divórcio) 1 filho e
Diana Lotery (1962-1984)
2 filhos
IMDb: (inglês) (português)

John Richard Basehart (Zanesville, Ohio, 31 de Agosto de 1914Los Angeles, Califórnia, 17 de Setembro de 1984), foi um ator estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira trabalhando no rádio e no teatro. Em 1945, depois de passar pela Broadway, foi convidado para atuar em Hollywood, estreando no filme Mansão da Loucura, em 1947, ao lado de Errol Flynn.

Fez o papel do Almirante Nelson na série de TV Viagem ao Fundo do Mar (Voyage to the Bottom of the Sea), em 1964, e estabeleceu uma duradoura relação com o produtor Irwin Allen, participando de alguns telefilmes realizados por ele.

No cinema ficou conhecido ao participar dos clássicos A Trapaça, de Fellini; Os Irmãos Karamazov (porque alguém o achou parecido com Yul Brynner) e Moby Dick, de John Huston.

Richard também participou da série de TV A Super Máquina, no primeiro episódio das duas partes: A Super Máquina. Ele era Wilton Knight, o grande milionário que fundou a Fundação pela Lei e Governo e tinha um sonho de combater o crime e a injustiça no mundo.

Outros filmes de que participou: Decision Before Dawn, Fixed Bayonets! (1951), Cry Wolf, House on Telegraph Hill, Titanic e na TV, Cidade sob o Mar e Degraus do Passado.

No dia 12 de agosto de 1984, antes de completar 70 anos, Richard Basehart atuou como locutor para a cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão, em Los Angeles.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Richard Basehart casou três vezes. O primeiro foi em 1940 com Stephanie Klein, até que ela faleceu em 1950.

O segundo casamento foi em 1951 com Valentina Cortese com quem teve um filho. O relacionamento durou até 1960, quando foi feito o divórcio.

O terceiro e último foi em 1962 com Diana Lotery com quem teve dois filhos; o relacionamento do casal durou até em 17 de setembro de 1984, quando Basehart veio a falecer por falência múltipla de órgãos.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.