Rio Arax

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde agosto de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde agosto de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Arax/Araks/Aras/Araxi/Araxes/Araz
Vista do vale do Arax, perto de Jolfa
Comprimento 1072 km
Foz rio Kura
Área da bacia 102 000 km²
País(es)  Turquia
 Arménia
 Azerbaijão
 Irã
País(es) da
bacia hidrográfica
 Turquia
 Arménia
 Azerbaijão
 Irã


O rio Arax, também escrito como Araks, Aras, Araxi, Araxes ou Araz (em persa: ارس, em arménio: Արաքս, em azeri: Araz, em russo: Аракс) é um rio que nasce no planalto arménio perto de Erzurum. Recebe as águas do rio Akhourian e segue ao longo da fronteira armeno-turca, da fronteira armeno-iraniana, e da fronteira azeri-iraniana, entrando finalmente no Azerbaijão e desaguando no rio Kura após 1972 km.

O Arax foi a linha de fronteira entre a Pérsia e o Império Russo depois do tratado de Golestan em 1813, pelo qual todos os territórios a norte deste rio eram separados da Pérsia e anexados à Rússia. O Irão e a União Soviética construíram mais tarde uma barragem conjunta na região de Poldasht.

A forma helenizada Araxes encontra-se no nome da cultura dos Kura-Araxes, um povo pré-histórico que se desenvolveu nos vales do Kura e do Arax.