Rio Tibaji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Tibaji
Rio Tibaji em próximo a Ponta Grossa
Comprimento 550 km
Altitude da nascente 1.200 m
Foz rio Paranapanema
Área da bacia 25.239 km²
Afluentes
principais
Margem direita: Salto, Imbituva, Capivari, Imbaú, Mococa, Apucaraninha; Margem Esquerda: Guabiroba, Botuquara, Rio Iapó, Rio Pitangui, das Antas, do Tigre, São Jerônimo.
País(es)  Brasil
País(es) da
bacia hidrográfica
Bacia do rio Paraná

O rio Tibaji1 é um rio brasileiro que percorre o estado do Paraná, região Sul do Brasil. Integra a Bacia do rio Paraná.

O nome Tibaji deriva do idioma indígena. O naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire aponta em seu livro sobre sua viagem ao Sul do Brasil que o termo seria traduzido como "Feitoria de Machado" (Tiba = "feitoria", e ji = "machado"); entretanto, como descrito pelo pesquisador Edmundo Alberto Mercer o termo significaria "muitas cachoeiras" (Tiba = "muito", e ji = "cachoeiras").

O rio Tibaji é o segundo em extensão no estado do Paraná. Suas nascentes localizam-se entre os municípios de Campo Largo, Palmeira e Ponta Grossa, no centro-sul do estado. Esta região é conhecida como Campos Gerais do Paraná, unidade fisiográfica identificada como segundo planalto paranaense. Seu curso percorre o estado de sul para norte atravessando o segundo e o terceiro planalto paranaense até sua foz, na margem esquerda do rio Paranapanema, divisa entre os estados de Paraná e São Paulo.

A bacia do rio Tibaji se estende por 41 municípios, cobrindo 25.239 km² no território paranaense.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: A grafia correta é Tibaji pois prescreve-se o uso da letra "j" para palavras de origem tupi. Diferentemente da unidade administrativa homônima, cuja grafia é determinada por lei, nomes de acidentes geográficos devem obedecer às normas em vigor na língua portuguesa.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • MAACK, Reinhard.Geografia Física do Estado do Paraná.2ª Edição. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1981.
  • MARTINS, Tiago D. Superfícies Aplainadas na Bacia Hidrográfica do Altíssimo Rio Tibaji. Dissertação de Mestrado em Geografia. Departamento de Geografia. Universidade Federal do Paraná. Curitiba. 2008
  • MERCER, E.A.; MERCER, L.L. História do Rio Tibagi (1934?). Disponível: Museu Histórico de Tibagi. Município de Tibagi. Paraná.
  • STIPP, Nilza A.F. (org). Macrozoneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Tibaji (Pr). Londrina: Eduel, 2000.
  • SAINT-HILAIRE. A. Viagem à comarca de Curitiba, 1820. São Paulo: Companhia Editorial Nacional. 1978.
Ícone de esboço Este artigo sobre Hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.