Rodolfo I da Borgonha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodolfo I da Borgonha
Foi o 1º rei da Borgonha Transjurana
Governo
Reinado Foi o 1º rei da Borgonha Transjurana
Dinastia Foi o 1º rei da Borgonha Transjurana
Vida
Nome completo Rodolfo I da Borgonha
Nascimento 859
Morte 25 de outubro de 912 (53 anos)
Território de Rodolfo I em 888.

Rodolfo I da Borgonha[1] (em latim: Rudolphus I; ca. Borgonha, Frância 859Juran, Borgonha, Frância 25 de outubro de 912) foi o 1º rei da Borgonha Transjurana de 888 até sua morte.

Foi filho de Conrado II da Borgonha, conde de Auxerre e marquês da Borgonha Transjurana, e de sua esposa Valderada de Worms também denominada como Ermentrude da Alsácia e de Orleans e Tours (801 - 20 de março de 851). De seu pai, Rodolfo herdou a abadia leiga de Saint-Maurice-en-Valais, fazendo-o o magnata mais poderoso da Alta Borgonha, território da atual oeste da Suíça e o Franco Condado.

Após a deposição e morte do imperador Carlos III, os nobres e o principal clero da Alta Borgonha reuniram-se em St. Maurice e elegeram Rodolfo como rei em janeiro de 888. Aparentemente na base de sua eleição, Rodolfo reivindicava a Lotaríngia inteira, mas sua reivindicação foi contestada por Arnolfo da Caríntia, o novo rei da Frância Oriental ou Germânia, que rapidamente forçou Rodolfo a abandonar a Lotaríngia prometendo reconhecê-lo como rei da Borgonha. As hostilidades entre ambos, porém, parecem ter continuado.

O relacionamento de Rodolfo com seus demais vizinhos era mais amistosa. Sua irmã Adelaide casou-se com Ricardo, conde de Autun, duque da Borgonha (a Borgonha atual, parte da Frância Ocidental), e suas filhas, Adelaide e Guilherma, casaram-se, respectivamente, Luís da Provença e Bosão de Arles e Avinhão[2] [3] , marquês da Toscana.

Rodolfo foi sucedido por seu filho Rodolfo II. Logo depois de sua morte, sua viúva, a rainha Guilherma, casou-se com Hugo de Arles, futuro rei da Itália.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Conrado II da Borgonha, "o Jovem", (c. 835 - 876) conde da Borgonha e conde de Auxerre e de Waldrada de Worms (801 - 20 de março de 851), também denominada como Ermentrude da Alsácia e de Orleans e Tours, então já falecida do seu 1º marido Roberto III de Worms (c. 800 - 834). Casou com Guila de Borgonha (dezembro de 873 -?), filha de Bosão da Provença (844 - 11 de janeiro de 887) e de Irmengarda de Itália (852 - 22 de junho de 896), de quem teve:

  1. Rodolfo II da Borgonha (? - 937), Rei da Borgonha Transjurana e casado com Berta da Suábia, filha de Buchard II da Suábia (883 - 926) e de Reginlinda (890 - 958)
  2. Waldrada da Borgonha casada com Bonifacio de Spoleto, Conde de Bolonha.[4]
  3. Guilda da Borgonha casada com Bosão de Arles e Avinhão (855 - 936), filho de Teobaldo de Arles (860 - 895)[5] e de Berta de França (863 - 8 de março de 925), filha ilegítima do rei Lotário II da Lotaríngia e de Teutberga de Valois (? - 875), filha de Boso de Valois "O Velho" conde de Valois (800 - 855)
  4. Luís da Borgonha (? - Depois de 937), conde de Thurgau

Referências

  1. Rodolphe I a Fondation pour la généalogie médiévale
  2. Luiz de Mello Vaz de São Payo, A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002, pág, 288.
  3. Les comtes de Provence
  4. Bonifazio a Medieval Lands
  5. (em francês) Généalogie de Théobald d'Arles sur le site Medieval Lands

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
novo
Rei da Borgonha
janeiro de 888 - 25 de outubro de 911
Sucedido por
Rodolfo II