Rodolfo II da Borgonha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodolfo II da Borgonha
Rei da Alta Borgonha, rei da Itália e rei da Baixa Borgonha.
Escudo do Brasão de armas da Borgonha (Armas antigas)
Governo
Reinado Rei da Alta Borgonha, rei da Itália e rei da Baixa Borgonha.
Vida
Nome completo Rodolfo II da Borgonha
Morte 11 de julho de 937
Pai Rodolfo I da Borgonha
Mãe Guila de Borgonha
Território de Rodolfo II em 915.

Rodolfo II da Borgonha (? — 11 de julho de 937) foi rei da Alta Borgonha de 912 até sua morte, e rei da Itália entre 922 e 925 e rei da Baixa Borgonha de 930 até sua morte[1] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi o filho mais velho do rei Rodolfo I da Borgonha[2] da Alta Borgonha, a quem sucedeu no trono, e de Guila de Borgonha por vezes denominada como Guila da Provença ou Willa da Provença. Em 922, casou-se com Berta da Suábia, filha do duque Burcardo II da Suábia, com quem teve 4 filhos.

Na mesma época, vários nobres italianos pediram que Rodolfo interviesse na Itália em seu nome contra o imperador Berengário I. Ao chegar à Itália, foi coroado rei dos lombardos em Pavia.

Em 923, derrotou Berengário I em Piacenza. O imperador foi assassinado no ano seguinte, possivelmente por instigação de Rodolfo. O rei então passou a governar a Alta Borgonha e a Itália, residindo alternativamente em ambos os reinos.

Todavia, em 926, a nobreza italiana voltou-se contra ele e pediu a Hugo de Arles, o governante efetivo da Provença (ou Baixa Borgonha), para se tornar seu rei. Rodolfo retornou para a Alta Borgonha para se proteger, assegurando a coroação de Hugo.

Os italianos depois mudaram de lado novamente, declarando seu desejo de que Rodolfo reivindicasse o trono. Para evitar isto, Rodolfo e Hugo assinaram um acordo em 933, garantido a Rodolfo o domínio da Baixa Borgonha em troca de sua renúncia a ao trono italiano. Para celebrizar o tratado, ele deu sua filha Adelaide em casamento ao filho de Hugo, Lotário. Rodolfo reinou sobre a Borgonha unida até sua morte.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho Rodolfo I da Borgonha (Burgundia, França c. 859Juran, Burgundia, França 25 de outubro de 912) da Alta Borgonha e de Guila de Borgonha por vezes denominada como Guila da Provença ou Willa da Provença (dezembro de 873 -?), filha de Bosão da Provença (844 - 11 de janeiro de 887) foi um nobre franco com origem na família Bosónidas, relacionada com a Dinastia carolíngia[3] e de Ermangarda da Provença (852 - 22 de junho de 896).

Em 922, casou-se com Berta da Suábia, filha do duque Burcardo II da Suábia (926 - 926) e de Reginlinda de Sulichgau, com quem teve:

  1. Conrado I da Borgonha (c. 925 - 19 de outubro de 993), rei da Borgonha[4] [5] ;
  2. Burcardo (? - 26 de junho de 963), arcebispo de Lião;
  3. Adelaide da Itália (c. 931 - 16 de dezembro de 999), casada primeiramente com Lotário II de Itália e, depois, com Oto I da Germânia (23 de novembro de 9127 de maio de 973).
  4. Rodolfo (? - depois de 8 de abril de 962), filho póstumo.


Referências

  1. Genealogics.org (em inglês)
  2. Rodolphe I a Fondation pour la généalogie médiévale
  3. His mother's father, Boso, provided a daughter, Tetburgis/Teutberga, Boso's aunt, to be wife of Lothair II. (Constance B. Bouchard, "The Bosonids or Rising to Power in the Late Carolingian Age" French Historical Studies 15.3 (Spring 1988, pp. 407-431) genealogical table, p.409..
  4. Genealogics.org (em inglês)
  5. Foundation for Medieval Genealogy
Precedido por:
Rodolfo I
Rei da Alta Borgonha
912 - 937
Sucedido por:
Conrado I
Precedido por:
Hugo
(como conde de Viena)
Rei da Baixa Borgonha (Provença)
933 - 937


Precedido por
Berengário I
Rei da Itália
922 - 925
Sucedido por
Hugo