Carlos II de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos II
Grand Royal Coat of Arms of France.svg
Rei dos Francos
Sacro Imperador Romano-Germânico
Charles2lechauve.jpg
Carlos II, o calvo
Governo
Reinado 840877
Antecessor Luís I
Sucessor Luís II
Dinastia Carolíngia
Vida
Nascimento 13 de junho de 823
Frankfurt-am-Main
Morte 6 de outubro de 877 (54 anos)
Pai Luís I
Mãe Judith da Bavaria

Carlos II, o Calvo (Charles le Chauve) (13 de junho de 8236 de outubro de 877), foi Rei da Francia Ocidental entre os anos de 843 e 877, Rei de Italia (875-877)) e foi também Imperador do Sacro Império Romano-Germânico, de 875 a 877.

Depois de uma série de guerras civis, que começaram durante o reinado de seu pai, Luís, o Piedoso, Carlos sucedido pelo Tratado de Verdun (843) adquiriu o terço ocidental do Império Carolíngio. Ele era o filho mais novo de Luís, o Piedoso com a sua segunda esposa, Judite.

Lutar contra os seus irmãos[editar | editar código-fonte]

Ele nasceu a 13 de Junho de 823 em Frankfurt, quando os seus irmãos mais velhos já eram adultos e lhes tinham sido atribuídos os seus próprios reinos, ou subreinos, por seu pai. As tentativas feitas por Luís, o Piedoso para atribuir um subreino a Carlos, primeiro na Alemania e depois no próprio país entre o Mosa e os Pirinéus (em 832, após a ascensão de Pepino I da Aquitânia) foram infrutíferas.  As inúmeras reconciliações com os rebeldes Lotário e Pepino, assim como com o seu irmão, Luís, o Germânico, rei da Baviera, fizeram da participação de Carlos na Aquitânia e na Itália apenas temporária, mas o seu pai não desistiu e fez Carlos, o herdeiro de toda a terra que era na altura a Gália e que acabaria por ser a França. Numa dieta perto de Crémieux em 837, Luís, o Piedoso mandou os nobres fazerem uma homenagem a Carlos como seu herdeiro. Isto levou a uma insurreição final dos seus filhos contra ele. Pepino da Aquitânia morreu em 838, depois do que Carlos finalmente recebeu esse reino, embora o filho de Pepino, Pepino II fosse um espinho perpétuo ao seu lado.

A morte do imperador em 840 levou à eclosão da guerra entre os filhos. Carlos aliou-se ao seu irmão Luis, o Germânico para resistir às pretensões do novo imperador Lotário I, e dos dois aliados derrotados de Lotário na Batalha de Fontenoy -en- Puisaye em 25 de junho 841. No ano seguinte, os dois irmãos confirmaram a sua aliança com os célebres Juramentos de Estrasburgo. A guerra foi levada ao fim pelo Tratado de Verdun, em agosto de 843. O acordo deu a Carlos, o Calvo o reino dos Francos Ocidentais, que ele tinha estado até então a governar e que praticamente corresponde com o que hoje é a França,ou seja, do Meuse, ao Saône e Rhône, com a adição da Marcha espanhola até ao Ebro. Luís recebeu a parte oriental do Império Carolíngio, então conhecido como Francia Oriental e, posteriormente, como Alemanha . Lotário manteve o título imperial e o de rei da Itália. Ele também recebeu as regiões centrais da Flandres através da Renânia e da Borgonha como rei de Francia média.

Reinar no Ocidente[editar | editar código-fonte]

Os primeiros anos do reinado de Carlos, até à morte de Lotário I, em 855, foram comparativamente pacíficos. Durante esses anos, os três irmãos mantiveram o sistema de "governo confraternal", encontrando-se repetidamente uns com os outros, em Koblenz (848), em Meerssen (851), e em Attigny (854). Em 858, Luís, o Germânico, convidado por nobres descontentes ansiosos para derrubar Carlos, invadiu o reino franco ocidental. Carlos era tão impopular que não foi capaz de convocar um exército, e fugiu para a Borgonha. Ele foi salvo apenas pelo apoio dos bispos, que se recusaram a coroar o rei Luís, o Germânico, e pela fidelidade dos Welfs, que estavam relacionados com a sua mãe, Judite. Em 860, ele próprio tentou aproveitar o reinado de seu sobrinho, Carlos da Provença, mas foi repelido. Com a morte de seu sobrinho, Lotário II em 869, Carlos tentou aproveitar os domínios de Lotário, mas pelo Tratado de Mersen (870) foi obrigado a compartilhá-los com Luís, o Germânico.

Alguns anos mais tarde, em 869, eles voltaram a se reunir para repartir a herança deixada por Lotário que falecera, o que envolveu a interferência do Papa Adriano II. O Papa escreveu a Carlos II, uma mensagem que marcava um vivo ressentimento por não ter sido escutado na sucessão de Lotário, declarando o Rei como perjuro, como vingativo e como pai desnaturado. Carlos rebateu com firmeza, declarando que os Reis da França jamais seriam submissos ao Papa, pois eram esses que deviam submissão ao Rei.

Carlos II deixou um único filho varão, que seria conhecido como Luís II, o Gago, que o sucederia. Carlos II o Calvo morreu no ano de 877.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Carlos II casou-se com Ermentrude de Orleães (27 de setembro de 823 - 6 de outubro de 869) , filha de Odo I de Orleães (? - 834), Conde de Orleães, em 842, no entanto ela morreu em 869. Em 870, Carlos II voltou a casar, desta feita com Riquilde da Provença (845 - 2 de junho de 910), filha de Bivín de Viena (810 - 863), descendente de uma família nobre do Ducado da Lorena, deste casamento teve:

  1. Judite da Flandres (844 - 870), casou-se por três vezes, a 1ª com Etelvulfo de Wessex, a 2ª com Etelbaldo de Wessex (seu filho adotivo) e em 3º lugar com Balduíno I da Flandres.
  2. Luís II de França "o Gago" (1 de novembro de 84610 de abril de 879).
  3. Carlos Menino (c. 847 - 29 de setembro de 866).
  4. Lotário[desambiguação necessária] (848 - 865), monge em 861, tornou-se abade da Abadia de Saint-Germain.
  5. Godilde de França casou-se com Godofredo III de Maine, conde do Maine.
  6. Carlomano (849 - 876).
  7. Rotrud (852-912), uma freira abadessa, na Abadia de Saint-Radegunde.
  8. Ermentrud (854-877), uma freira abadessa, de Hasnon.
  9. Hildegard (nascida em 856, morreu jovem).
  10. Gisela (857-874).

Com Richilde:

  1. Rothild (871-929), casou-se em primeiro lugar, Hugues de Bourges, conde de Bourges e em segundo lugar, com Rogério de Maine, conde de Maine.
  2. Drogo (872-873).
  3. Pippin (873-874).
  4. um filho (nascido e morto em 875)
  5. Charles (876-877).

Galeria[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Carlos II de França

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Luís I
Rei de França
869 — 877
Sucedido por
Luís II
Precedido por
Luís II da Germânia
Imperador do Sacro Império Romano-Germânico
875877
Sucedido por
Carlos o Gordo