Luís I, o Piedoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luís I, o Piedoso
Grand Royal Coat of Arms of France.svg
Rei dos Francos
Sacro Imperador Romano-Germânico
Louis Ier le Pieux ou le Débonnaire.jpg
Luís I, o Piedoso
Governo
Reinado 814–840
Antecessor Carlos Magno
Sucessor Carlos II
Dinastia Carolíngia
Vida
Nascimento 778
Morte 20 de Junho de 840 (62 anos)
Sepultamento Igreja de Saint-Pierre-aux-Nonnains, Metz, França
Pai Carlos Magno
Mãe Hildegarda de Vintschgau
Luís I, o Piedoso.

Luís I o Piedoso (77820 de Junho de 840), também conhecido como Louis o Belo ou Louis o Debonaire, do francês, de bom ar, ou ainda, em língua alemã, Ludwig der Fromme e em latim, Ludovico Pio), foi o segundo filho de Carlos Magno, imperador e rei dos francos de 771 a 814, e de Hildegarda da Alamânia.

Luís foi coroado rei da Aquitânia em criança e enviado para aquela região com um regente para tentar apaziguar as rebeliões que se estavam a formar depois da derrota de Carlos Magno pelos mouros em Espanha. Quando morreram os outros filhos de Carlos Magno, Pepino, rei da Itália (810) e Carlos, rei da Nêustria (811), ele foi coroado co-imperador junto com seu pai, em 813. Após a morte de seu pai em 814, ele herdou o reino dos francos e todas as suas possessões e foi coroado imperador pelo Papa Estêvão V[1] em Reims, em 816.

Em 817, Luís fez planos para uma sucessão ordeira dividindo o império pelos seus três filhos, do seu primeiro casamento com Ermengarda: Lotário I (que foi coroado rei da Itália e co-imperador), Pepino da Aquitânia e Luís o Germânico (rei da Baviera).

Quando o seu filho Pepino morreu, em 838, Luís o Piedoso declarou o seu filho mais novo Carlos (que viria a ser conhecido como Carlos o Calvo) o novo rei da Aquitânia, mas os nobres decidiram apoiar o filho de Pepino Pepino II da Aquitânia. Quando Luís morreu, a disputa mergulhou os irmãos numa guerra civil que só teve fim em 843 com a assinatura do Tratado de Verdun.[2] A disputa sobre a Aquitânia, no entanto, só teve fim em 860.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Carlos Magno (ca. 742 — 28 de janeiro de 814) rei dos francos entre 768 e imperador do ocidente (Imperatur Romanorum) entre 800 até a sua morte em 814 e da sua terceira esposa, a rainha Hildegarda de Vintschgaua (757 ou 758 — 30 de abril de 783 ou 784), filha de Geraldo I de Vintzgau e de Ema da Alemanha.

Casou por duas vezes, a 1ª com Ermengarda de Hesbaye (794 — 798), filha de Ingerman de Hesbaye e de Edviges de Baviera, de quem teve:

  1. Lotário I[3] (795 — Prüm, 29 de Setembro de 855), casado com Ermengarda de Orleães e Tours (821 — 29 de setembro de 851), filha de Hugo III de Tours (ca. 765 — 20 de outubro de 837) e de Eva de Auxerre,
  2. Pepino I da Aquitânia (793 — 13 de setembro de 838), casado por duas vezes, a 1ª com Ingeltrude de Madrie e a 2ª com Ringarda,
  3. Adelaide (bc 799)
  4. Rotrud (c. 800 - 841) casou com Gerardo de Auvérnia.
  5. Hildegarda (c. 802 -?) casada com o marido da irmã, depois da morte desta: Gerardo de Auvérnia,
  6. Luís II, o Germânico[4] (804 — 28 de setembro de 876) casado com Ema da Baviera.
  7. Judite de França casada com Guido I de Espoleto[5] [6] .

O segundo casamento foi com Judite da Baviera (819 - 20 de junho de 840), filha de Guelfo I de Altdorf (778 — 3 de setembro de 825) e de Edviges da Baviera (775 — 833), filha de Otão em Saxe e de Ema de Anglachgau, de quem teve:

  1. Gisela de França (ca. 820 — 1 de julho de 874) casou com Eberardo de Friul (820 — 869),
  2. Carlos II de França[7] "o Calvo" (Frankfurt-am-Main, 13 de junho de 823 — 6 de outubro de 877) casou-se com Ermentrude de Orléans (27 de setembro de 823 — 6 de outubro de 869), filha de Odo I de Orléans (? — 834), Conde de Orléans, em 842, no entanto ela morreu em 869. Em 870, Carlos II voltou a casar, desta feita com Riquilda de Provença (845 — 2 de junho de 910), filha de Bivin de Gorze (810 — 863), descendente de uma família nobre de Lorena.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Encyclopedia (1913)/Pope Stephen (V) VI
  2. Joseph Calmette, Trilogie de l'histoire de France - Le Moyen Âge [archive], Fayard, 1952, p. 109
  3. Généalogie de Lothaire Predefinição:Ier sur le site de la Fondation pour la généalogie médiévale
  4. Von den Zeitgenossen wurde er auch mit dem Beinamen pius oder piissimus bezeichnet. Mit diesem Beinamen wird heute aber nur noch sein Vater, Ludwig „der Fromme“ versehen. Wilfried Hartmann: Ludwig der Deutsche. Darmstadt 2002, S. 23.
  5. Llewellyn, Peter. Rome in the Dark Ages. London: Faber and Faber, 1970. ISBN 0-571-08972-0.
  6. di Carpegna Falconieri, Tommaso. Guido, in Dizionario biografico degli italiani, 61, Roma: Istituto della Enciclopedia italiana, 2003, p. 352-354.
  7. Charles II


Precedido por
Carlos Magno
Rei dos francos
816 — 840
Sucedido por
Lotário I
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Luís I, o Piedoso
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.