Carlomano II de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Iluminura de Jean Fouquet sobre a vitória de Luís III e Carlomano II sobre os Vikings em 879.

Carlomano II (867 - 12 de Dezembro de 884), Rei da Frância Ocidental, pertencente à dinastia carolíngia, era filho do Rei Luís II, o Gago e de Ansgarde. Quando o seu pai morreu, em 879, Carlomano tornou-se rei, juntamente com o seu irmão Luís III.

Alguns nobres defendiam a eleição de um único rei, mas eventualmente ambos os irmãos foram eleitos reis. Apesar de haver dúvidas sobre a sua legitimidade, os irmãos obtiveram o reconhecimento, e quando em Março de 880 dividiram o reino do pai em Amiens, Carlomano recebeu a Borgonha e a Aquitânia.

No entanto, o Duque Boso tinha renunciado à submissão a ambos os irmãos e foi eleito Rei da Provença. No Verão de 880, os irmãos Carlomano e Luís III marcharam contra ele, tomaram Mâcon e o norte do reino de Boso. Uniram as suas forças com as de Carlos, o Gordo e cercaram Vienne, de Agosto a Novembro, sem sucesso. Só no Verão de 882, Vienne foi tomada, depois de cercada por Ricardo, Conde de Autun e Duque da Borgonha.

No mesmo verão, em Agosto de 882, Carlomano tornou-se no único rei, devido à morte do seu irmão, mas o reino estava em um estado deplorável, parcialmente devido a incursões de piratas normandos, e o seu poder estava muito circunscrito. Houve revoltas dos senhores feudais até na Borgonha.

Carlomano morreu durante uma caça, em 12 de Dezembro de 884, e foi sucedido pelo Imperador Carlos, o Gordo.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Luís II
Rei da Borgonha e Aquitânia
879 — 884
Sucedido por
Carlos, o Gordo
Precedido por
Luís III
Rei da Frância Ocidental
882 — 884
Sucedido por
Carlos, o Gordo