Rotatória

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplo de rotatória em uma via do Novo México, Estados Unidos.

Uma rotatória (português brasileiro) ou rotunda (português europeu), também designada como bolacha[1] (português angolano), é uma praça ou largo, de forma circular, onde desembocam várias ruas e o trânsito se processa em sentido giratório. A cidade de Viseu, em Portugal, é conhecida pelo fenómeno da multiplicação das rotundas.

Código de Trânsito Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Em Palmas, capital do Tocantins, todos os cruzamentos e interseções de vias são realizadas por rotatórias de médio porte, característica do traçado urbano e planejamento da cidade.[2]

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, quando veículos se cruzarem em uma rotatória (desde que não haja sinalização), o veículo que estiver circulando por ela tem a preferência.

No caso de a via que se vai acessar for uma via perpendicular, o Regulamento do Código Nacional de Transito, não revogado, estabelece que a Estrada mais movimentada tem preferência sobre qualquer outra via, no caso de todos os veículos se encontrarem no mesmo ponto de parada, a preferência é do veículo que está a direita.

Expressões regionais[editar | editar código-fonte]

No Brasil, as rotatórias são denominadas vulgarmente de várias formas, dependendo da região. No Distrito Federal, Ceará, Maranhão e São Paulo, é comum utilizar-se a expressão balão. Em alguns lugares de São Paulo também são utilizados os termos círculo, rótula e redondo. Em Tocantins e Goiás é chamada de queijinho; Na Bahia e no Paraná, é denominada joelho ou rótula, sendo essa última denominação também empregada no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Código da Estrada Português[editar | editar código-fonte]

Sinalização rodoviária usado na Europa para indicação de sentido de circulação em rotunda

Segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária[3] , na circulação em rotundas os condutores devem adotar o seguinte comportamento:

  • O condutor que pretende tomar a primeira saída da rotunda deve:
    • Ocupar, dentro da rotunda, a via da direita, sinalizando antecipadamente quando pretender sair.
  • Se pretende tomar qualquer das outras saídas, deve:
    • Ocupar, dentro da rotunda, a via de trânsito mais adequada em função da saída que vai utilizar;
    • Aproximar-se progressivamente da via da direita;
    • Fazer sinal para a direita depois de passar a saída imediatamente anterior à que pretende utilizar;
    • Mudar para a via de trânsito da direita antes da saída, sinalizando antecipadamente quando for sair.

Sinalização de manobras:

  • Todas as manobras que impliquem deslocamento lateral do veículo decorrente da mudança de via de trânsito ou saída da rotunda devem ser previamente sinalizadas.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Trânsito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.