Tecnoprogressivismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tecno-progressivismo, tecnoprogressivismo ou tecnoprogressismo (uma palavra-valise combinando "tecnociência" e "progressivismo") é uma atitude de suporte ativo à convergência da mudança tecnológica e do progresso social. Posições fortes, ainda que críticas, incluem o apoio à liberdade cognitiva, liberdade morfológica e direitos reprodutivos em particular. Os tecno-progressistas argumentam que o desenvolvimento tecnológico pode ser qualificativo e emancipador quando é regulado por autoridades legitimamente democráticas e responsáveis que assegurem que os custos sociais, riscos e benefícios sejam corretamente compartilhados por todos as reais partes interessadass neste desenvolvimento.1 2

Assuntos de interesse tecno-progressivos[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. CARRICO, Dale (2004). The Trouble with "Transhumanism". Acessado em 28 de Janeiro de 2007.
  2. CARRICO, Dale (2005). Technoprogressivism Beyond Technophilia and Technophobia. Acessado em 28 de Janeiro de 2007

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Em português[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.