Tirinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Pix.gif Sítios Arqueológicos de Micenas e Tirinto *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Tiryns - Cyclopean masonry.jpg
Tirinto
País  Grécia
Tipo Cultural
Critérios i, ii, iii, iv, vi
Referência 941
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 37° 35′ N 22° 48′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 1999  (23ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.
Praça de Tirinto.
Tirinto.

Tirinto ou Tirinte (em grego antigo Τίρυνς, transl. Tíryns; em grego moderno Τίρυνθα, transl. Tíryntha) é um sítio arqueológico micênico situado na prefeitura da Argólida, na Grécia Antiga. Foi uma importante cidade da Grécia Antiga, situada na península do Peloponeso, a alguns quilômetros a norte de Náuplia.

É considerada um patrimônio da humanidade pela UNESCO, em conjunto com Micenas (como "Sítios Arqueológicos de Micenas e Tirinto"). Da cidade original, restam apenas alguns restos arqueológicos, como alguns muros e as ruinas do palácio real. A cidade já não existia no século II d.C., conforme relato de Pausânias, que visitou suas ruínas[1] , e compara o destino de Tirinto (de maior cidade do seu tempo, sendo reduzida a nada anos mais tarde) ao da Babilônia[2] .

Mitologia[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada por Preto, irmão e rival de Acrísio, rei de Argos[3] . Preto havia sido exilado para a Lícia, mas se aliou por casamento com seu rei, e voltou com um exército de lícios e conquistou a região[3] . Ele conseguiu que as muralhas de Tirinto fossem construídas pelos Cíclopes[3] .

Na versão de Pausânias, a cidade deriva seu nome de um herói Tirinto, filho de Argos, filho de Zeus[1] .


Fim de Tirinto[editar | editar código-fonte]

Tirinto foi destruída por Argos depois das Guerras Médicas[4] . A população de Tirinto foi incorporada a Argos, de forma a tornar Argos mais forte e resistir aos lacedemônios - Argos também incorporou Hysiae, Orneae, Micenas, Mideia e outras cidades da Argólida de menor importância[5] .


Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.