Xiamen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde abril de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Xiamen(Ē-mn̂g) is highlighted on this map

Xiamen (em chinês simplificado: 厦门; em chinês tradicional: 廈門; pinyin: Xiàmén, lit. “A Porta da Grande Mansão”) é uma cidade da província de Fujian (Fuquiém) na China. Tem uma população de quase 1.400.000 habitantes (2002) e ocupa uma extensão de 1.565 km². A cidade foi fundada no ano de 282. No ano 1387, a dinastia Ming converteu-a em base para lutar contra os piratas. Foi o principal porto utilizado pelos europeus em 1541 e o de maior utilização para a exportação de chá durante o século XIX. Os mercaderes estrangeiros só estavam autorizados a viver na ilha de Gulangyu. O município de Xiamen compreende as ilhas de Gulangyu e as de Xiamen. Estas últimas estão situadas bem perto da ilha de Quemoy; ilha que está sob a administração de Taiwan.

Pontos de interesse[editar | editar código-fonte]

Vista do campus da Universidade de Xiamen
  • A ilha de Gulangyu: ocupa um área de 1,8 km² e está situada a 500 metros da costa da cidade. Tem uma população de 20.000 habitantes. Na ilha podem-se ver diversos edifícios do século XIX.
  • Templo Nan Pu Tuo: foi construído durante a dinastia Tang. Contém 28 estátuas de buda feitas em jade procedente de Birmânia bem como escritos budistas em chinês e outros idiomas. Ocupa um área de 30.000 m2

Cidades irmãs[editar | editar código-fonte]

Distâncias[editar | editar código-fonte]

Xiamen vista da ilha de Gulangyu
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da República Popular da China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.