Zatch Bell!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Zatch Bell!
金色のガッシュベル
(Konjiki no Gashu Beru!!)
Capa do primeiro volume do mangá
Gênero Aventura, Comédia, Fantasia
Mangá
Konjiki no Gash!
Autor Makoto Raiku
Editora(s) Japão Shogakukan
Revista Shonen Sunday
Data de publicação Janeiro de 2001 – Dezembro de 2007
Volumes 33
Anime
Konjiki no Gash Bell!
Direção Tetsuji Nakamura
Estúdio Toei Animation
Exibição original 4 de abril de 2004 – 24 de março de 2007
Emissoras de TV Japão Fuji Television
Emissoras lusófonas Brasil Cartoon Network
Brasil Globo
Brasil RedeTV!
Brasil Jetix
Nº de episódios 150 (Lista)
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Zatch Bell, conhecido no Japão como Konjiki no Gash!! (金色のガッシュベル!!, Gash Dourado?) é uma série de mangá escrita e ilustrada por Makoto Raiku. Foi publicada pela Shogakukan na revista Weekly Shōnen Sunday entre 2001 e 2007.

Foi adaptada para anime em 2004 pela Toei Animation. Foram criados depois dois filmes, Konjiki no Gash Bell: 101 Banme no Mamono e Konjiki no Gash Bell!!: Attack of the Mechavulcan. Zatch Bell! foi exibido no Brasil nos canais pagos Cartoon Network e Jetix, e também na televisão aberta, pela Rede Globo. Outras emissoras também compraram os direitos de transmissão. A America TV do Peru comprou 52 episódios de Zatch Bell!. E a Televideo Services comprou a série para exibição na Guatemala, Nicarágua, Costa Rica, República Dominicana, Equador, Paraguai e Honduras.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A cada mil anos, cem Mamodos habitantes de um mundo paralelo chamado mundo Mamodo são enviados à Terra para batalharem uns contra os outros, a fim de que último que restar se torne o rei de seu mundo. Eles carregam consigo um livro, escrito com letras estranhas que, na verdade, são magias não reveladas que liberam um poder oculto do mamodo; quando despertadas, essas magias se tornam possíveis de serem lidas, e o humano guardião pode ativá-las. Com o tempo e enfrentando batalhas, mais magias vão sendo reveladas no livro e assim o mamodo fica mais forte. O poder dessas magias também dependem da vontade do mamodo e de seu guardião. Porém, se o livro for destruído por outro mamodo, ele retorna para o seu mundo e perde a chance de se tornar rei.

A história conta sobre Kiyomaro (Kiyo, no Brasil) Takamine, um jovem japonês de 14 anos, e seu Mamodo Gash (Zatch, no Brasil) Bell, que graças à Zeno (Zeon, no Japão) perdeu completamente a memória do seu mundo, e só sabe o próprio nome (isso acontece quando Gash ainda estava na Inglaterra, e ainda não tinha encontrado Kiyomaro). Juntos eles terão grandes aventuras, tentando descobrir mais sobre o passado de Gash e as batalhas.

Zatch conhece Kiyo com uma promessa que tinha feito a seu pai de tornar-se um menino melhor e fazer mais amigos. No desenrolar da história, ele faz uma promessa a Kolulu, uma mamodo muito forte mas que não queria estar na batalha mamodo (Kolulu o pede para queimar seu livro durante uma batalha não intencional): Kolulu diz a Zatch que seria bom se não precisassem mais lutar e então ele compromete-se a ser um rei gentil. Com essa promessa vai conquistando muitos amigos, como Tia, Kanchome e Ponygon, ao longo da batalha mamodo. Zatch se torna mais forte fazendo com que seus inimigos se surpreendam cada vez mais (pois no mundo mamodo Zatch era conhecido por ser muito fraco e chorão). Zatch e seu guardião Kiyo criaram um forte laço entre si, não só como parceiros de luta, mas como amigos, e Kiyomaro também decide ajudar Zatch a torná-lo o vencedor da luta: o rei do mundo Mamodo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Mídias[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Lançado em janeiro de 2001, o mangá foi publicado na revista Weekly Shōnen Sunday, da editora Shogakukan, no Japão. Após uma breve interrupção em dezembro de 2006, porque o autor Makoto Raiku tinha machucado sua mão, o que acelerou o fim do anime,[1] Konjiki no Gash! (o título da série em mangá) retornou em fevereiro de 2007.[2] A série terminou sua publicação em 26 de dezembro de 2008 com 323 capítulos,[3] que foram compilados em 33 tankōbon.[4] [5]

Anime[editar | editar código-fonte]

O anime Konjiki no Gash Bell! produzido pela Toei Animation, dirigido por Tetsuki Nakamura e Yukio Kaizawa,[6] começou a ser exibido em 4 de abril de 2004 na Fuji TV. Essa adaptação chegou ao fim em 25 de março de 2007, ao atingir 150 episódios.[7] Além do anime, existem dois longas-metragens.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Japão[editar | editar código-fonte]

A partir do episódio 141 até o ultimo, 150, a dubladora do Zatch Bell, Ikue Ohtani, foi substituída pela Konami Yoshida, devido a licença de maternidade.[8]

Músicas[editar | editar código-fonte]

Japão (Konjiki no Gash Bell!!)[editar | editar código-fonte]

Aberturas
  1. カサブタ / Kasabuta / "Scab" - Hidenori Chiwata (Episódios: 1-50)
  2. 君にこの声が届きますように / Kimi ni Kono Koe ga Todokimasu you ni / "Então minha voz chega até você" - Takeyoshi Tanimoto (Episódios: 51-100)
  3. 見えない翼 / Mienai Tsubasa / "Asas Invisíveis" - Takeyoshi Tanimoto (Episódios:101-150)
Encerramentos
  1. "PERSONAL" by Aya Ueto (Episodes: 1-30)
  2. "STARS" - KING (Episódios: 31-58)
  3. つよがり / Tsuyogari / "A Bluff" - Eri Kitamura (Episódios: 59-75)
  4. "Idea" - Tsukiko Amano (76-100)
  5. 今日より明日は / Kyou yori Ashita wa / "Tomorrow more so than Today" - Echiura (Episódios: 101-125)
  6. ★遊FEVER 2005★ / "★Aso FEVER 2005★" - Shinohara Tomoe (Episódios: 126-149)
  7. カサブタ / Kasabuta / "Scab" - Hidenori Chiwata (Episódios: 150)

Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Aberturas
  1. (1-52) "Zatch Bell! Theme" - VIZ Media
  2. (53-) "Follow the Light" - VIZ Media
Encerramentos
  1. (1-52, 71-74) "Zatch Bell! Theme (Instrumental)" - VIZ Media
  2. (53-70, 75-) "Follow the Light (Instrumental)" - VIZ Media

Jogos[editar | editar código-fonte]

Zatch Bell já teve jogos lançados para Game Boy Advance, GameCube e PlayStation 2.

Referências

  1. Zatch Bell on Hiatus (em inglês). Anime News Network (8 de dezembro de 2005). Página visitada em 14 de março de 2013.
  2. Konjiki no Gash Resumes Serialization (em inglês). Anime News Network (20 de fevereiro de 2007). Página visitada em 14 de março de 2013.
  3. Zatch Bell Manga Ends After 7 Years, 323 Installments (em inglês). Anime News Network (28 de dezembro de 2007). Página visitada em 14 de março de 2013.
  4. 小学館: コミック 「金色のガッシュ!! 1」 (em japonês). Shogakukan. Página visitada em 14 de março de 2013.
  5. 小学館: コミック 「金色のガッシュ!! 33」 (em japonês). Shogakukan. Página visitada em 14 de março de 2013.
  6. スタッフ (em japonês). Toei Animation. Página visitada em 14 de março de 2013. Cópia arquivada em 14 de julho de 2009.
  7. 金色のガッシュベル!!あらすじ一覧 (em japonês). Toei Animation. Página visitada em 14 de março de 2013. Cópia arquivada em 14 de julho de 2009.
  8. Ikue Ohtani grávida (em inglês). Anime News Network (18 de janeiro de 2006). Página visitada em 18 de julho de 2013.

Poderes de Mamodos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]