One-shot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

One-shot (ou "um-tiro" - por ser uma leitura rápida) É um termo utilizado para mangás (quadrinhos, comics, banda desenhada etc) que contenham somente um capítulo não fazendo parte de uma série, seja ele curto e postado de uma só vez ou longo e postado em partes.

Comics[editar | editar código-fonte]

No mercado estadunidense de comics, esta designação é frequentemente usada para histórias em quadrinhos mensais que são diferentes do usual para distinguir do volume único das séries em quadrinhos.

Mangá[editar | editar código-fonte]

No Japão, este conceito é expresso pelo termo yomikiri (読み切り), sendo o termo one-shot oriundo dos comics estadunidenses. Um mangá one-shot conta a sua história toda em 15-60 páginas, escrito geralmente para concursos (Prêmio Tezuka, por exemplo), e às vezes mais tarde evolui para uma série de mangá em longa-metragem (muito parecido com um piloto de series de televisão ). Vários mangás populares no Japão - e no ocidente - começaram como um one-shot, dentre eles estão: Dragon Ball, Naruto, Bleach, One Piece, Berserk, e Death Note (este que se generalizou novamente no volume treze, "How to Read") entre outros.